Na manhã deste sábado (5), o Atlético finalizou a preparação para a última partida do Campeonato Brasileiro de 2015. Tentando garantir a vice-liderança no torneio, o Galo enfrenta a Chapecoense, neste domingo (6), sob a batuta do técnico interino Diego Giacomini.

Os trabalhos levaram cerca de uma hora e meia, com um rachão ao final das atividades. A boa notícia é a volta de Rafael Cariosa. Após deixar o treino de sexta-feira (4), depois de sofrer uma pancada, ele treinou normalmente e estará em campo.

O clube depende apenas das próprias pernas para ficar em segundo lugar. Para Diego Giacomini, o grupo está ciente da responsabilidade em relação ao jogo. Segundo ele, o grupo treinou bastante durante a semana para vencer a Chapecoense. O treinador vê a partida com uma grande oportunidade na carreira.

"Estamos tentando sugar ao máximo as experiências do cenário profissional, encaro com mais um crescimento". Giacomini disse ter tido uma conversa rápida com o técnico contratado Diego Aguirre. Ele reforçou que 2016 será um ano importante para o Atlético, principalmente por conta da Libertadores da América.

Ingressos

Mais de 20 mil torcedores estarão no Mineirão neste domingo (6). As vendas dos bilhetes permanecessem até as 17h deste sábado (5) na sede de Lourdes, Labareda e bilheteria do Independência. O preço é único: R$ 40. Os setores roxo (inferior e superior) e vermelho (inferior) já estão esgotados.

O torcedor alvinegro deve ficar atento. Apesar do valor comum a todos os espaços, o Mineirão estará setorizado. As pessoas não poderão circular livremente. O Galo entrará em campo com Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Lucas Cândido, Rafael Carioca, Luan, Giovanni e Thiago Ribeiro; Lucas Pratto.