Rebeca Andrade e Flávia Saraiva, duas das principais ginastas brasileiras, testaram positivo para o novo coronavírus (Covid-19) e não puderam participar do Torneio Ginástica Artística 125, realizado pelo departamento do Flamengo neste sábado (5), no Rio de Janeiro. A dupla faz parte da equipe da modalidade do Rubro-Negro carioca. 

A confirmação do contágio das duas jovens atletas veio pela treinadora brasileira de ginástica artística Georgette Vidor. “Esse torneio é uma iniciativa nossa para ter um objetivo em um ano tão difícil de pandemia. Infelizmente Rebeca e Flávia estão com a covid-19. E ficamos sem elas nesse momento”, disse Georgette Vidor, para a equipe da FlaTv.

Assintomáticas

A assessoria de imprensa do clube da Gávea confirmou que Rebeca Andrade e Flávia Saraiva estão assintomáticas e já foram afastadas das dependências do clube, estando em isolamento. A expectativa é que as duas voltem aos treinamentos de forma gradual, mas ainda sem a confirmação de uma data. 

Flávia Saraiva tem 21 anos e é especialista no solo e na trave. Até o momento, ela é a única ginasta brasileira classificada para os Jogos Olímpicos de Tóquio.   

Rebeca Andrade, também de 21 anos, é especialista no salto e nas barras assimétricas. Ela deve ser uma das atletas verde e amarelas no Pan-Americano da modalidade de maio de 2021, que valerá vaga para Tóquio.

Leia mais:

Com mais de 5 mil casos, Minas registra maior número de infectados por Covid em 24 horas desde junho

Monitoramento de esgotos estima mais de um milhão de infectados pelo coronavírus em BH

Boate com 300 pessoas é interditada pela PBH no bairro Santa Efigênia