O fator casa vem sendo fundamental para manter o Goiás distante da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. É nisso que se apega o time esmeraldino para levar a melhor no confronto direto desta segunda-feira, contra a Chapecoense, às 20 horas, no Serra Dourada, pela oitava rodada.

Com nove pontos e dois jogos a menos que os demais - devido ao adiamento da partida com o Corinthians, pela sétima rodada -, o Goiás venceu os últimos dois confrontos no Serra Dourada, diante de Ceará (2 A 1) e Botafogo (1 a 0). A única derrota foi para o São Paulo, por 2 a 1.

Recuperado de uma lesão muscular na coxa direita, o volante Léo Sena treinou normalmente durante a última semana e retorna no lugar de Yago Felipe. Ainda no meio-campo, o meia Giovanni Augusto vai receber mais uma oportunidade de Claudinei Oliveira, apesar de ter sido criticado pelos torcedores nos últimos jogos.

"Não ter tido jogo domingo (passado) foi prejudicial. Estávamos competindo muito e o time perdeu esse ritmo. Perdemos posição, mas agora é um jogo como qualquer outro. Por ser em casa, tem uma responsabilidade maior, mas não maior que os jogos contra Botafogo, Ceará e São Paulo", comentou Claudinei Oliveira.

 

Leia mais:
Empresário confirma propostas por Danilo e Fabiano, alvos do Cruzeiro
WO com a Chape: STJD defere pedido do Atlético e Cazares se livra de suspensão
Grêmio vence no sufoco com 2 de Maxi e vira vice-líder