Dono do melhor início de campanha da história da NBA, o Golden State Warriors sofreu para se manter invicto, fora de casa, em jogo válido pela rodada desta segunda-feira da NBA. Os atuais campeões da liga de basquete dos Estados Unidos venceram o Utah Jazz por 106 a 103 e acumularam o 19º triunfo em 19 partidas na temporada regular.

Com o desempenho irretocável, a equipe de Oakland segue disparada na liderança da Conferência Oeste da NBA e logicamente figura no topo geral da competição, na qual tentará alcançar incríveis 20 vitórias seguidas na próxima quarta, quando terá pela frente o Charlotte Hornets, também fora de casa.

Já o Utah Jazz ocupa o sétimo lugar da Conferência Oeste, agora com oito derrotas e oito vitórias, depois de ter caído diante do líder mesmo após contar com uma boa atuação coletiva cujos maiores destaques foram Gordon Hayward, cestinha da equipe, com 24 pontos, e Derrick Favors, autor de 23 pontos e dez rebotes. Rudy Gobert, por sua vez, também acumulou um "double-double" ao marcar 13 pontos e apanhar 11 rebotes pelos anfitriões.

O astro Stephen Curry, porém, acabou sendo decisivo mais uma vez para o Warriors mesmo sem viver uma noite das mais inspiradas, tendo em vista o alto padrão de atuações que vem mantendo. Ele foi o cestinha da partida, com 26 pontos, sendo que os dois últimos deles vieram por meio de lances livres que definiram o placar final.

Draymond Green e Klay Thompson, com 20 pontos cada um para os visitantes, foram nomes que tiveram papel importante para o triunfo no jogo que também foi marcado pelo duelo de dois jogadores brasileiros. Leandrinho atuou por pouco mais de 11 minutos pelo Warriors, nos quais contabilizou apenas dois pontos, pegou três rebotes e deu uma assistência. Já Raulzinho teve atuação ainda mais apagada pelo Jazz. Com quase 15 minutos em quadra, ele não pontuou, pegou um rebote e deu duas assistências.

Já o San Antonio Spurs, vice-líder da Conferência Oeste, acabou sendo batido pelo Chicago Bulls também pela diferença de três pontos, por 92 a 89, fora de casa, e agora passaram a contabilizar um retrospecto de quatro derrotas e 14 vitórias. Já a equipe de Illinois agora ostenta dez vitórias em 15 jogos e ocupa a terceira posição da Conferência Leste.

O Bulls acabou triunfando muito por causa da sua melhor atuação coletiva, cujo principal nome foi o espanhol Pau Gasol, autor de um "double-double" de 18 pontos e 13 rebotes. Já o Spurs teve Kawhi Leonard como cestinha do jogo, com 25 pontos, enquanto LaMarcus Aldridge fez 21 e ainda pegou 12 rebotes.

Logo atrás do Spurs na Conferência Oeste, o Oklahoma City Thunder também foi derrotado na rodada desta segunda-feira ao cair por 106 a 100 diante do Atlanta Hawks, fora de casa. Já o Los Angeles Clippers, quarto colocado desta conferência, fez valer o fator quadra com autoridade ao passar pelo Portland Trail Blazers por 102 a 87.

O Miami Heat, diferentemente do Clippers, não soube aproveitar o fato de estar atuando com o apoio de sua torcida ao cair diante do Boston Celtics por 105 a 95, estacionando assim nas dez vitórias e na quarta posição da Conferência Leste, na qual a famosa franquia de Massachusetts ocupa o oitavo lugar.

Confira os resultados da rodada desta segunda-feira:

Detroit Pistons 116 x 105 Houston Rockets
Miami Heat 95 x 105 Boston Celtics
Atlanta Hawks 106 x 100 Oklahoma City Thunder
Chicago Bulls 92 x 89 San Antonio Spurs
Milwaukee Bucks 92 x 74 Denver Nuggets
Utah Jazz 103 x 106 Golden State Warriors
Sacramento Kings 112 x 98 Dallas Mavericks
Los Angeles Clippers 102 x 87 Portland Trail Blazers

Confira os jogos desta terça-feira:

Philadelphia 76ers x Los Angeles Lakers
Cleveland Cavaliers x Washington Wizards
Brooklyn Nets x Phoenix Suns
New Orleans Pelicans x Memphis Grizzlies
Minnesota Timberwolves x Orlando Magic
Portland Trail Blazers x Dallas Mavericks