Artilheiro do Atlético no Campeonato Brasileiro, com 10 gols, o atacante Keno vive o seu pior jejum com a camisa alvinegra.

Após passar em branco na derrota do Galo por 3 a 2 para o Vasco, nesse sábado (23), em São Januário, o jogador chegou ao nono jogo seguido sem balançar as redes.

Até então, o maior período em que o camisa 11 ficou sem marcar pelo Alvinegro, foi justamente quando chegou à Cidade do Galo.

Antes de marcar seu primeiro gol pelo Atlético, na vitória por 2 a 1 sobre o Tombense, no primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro, no dia 26 de agosto, no Mineirão, Keno havia disputado oito partidas.

Agora, o habilidoso ponta esquerda do Atlético tenta voltar a marcar após mais de dois meses. A última bola nas redes do atacante foi no dia 22 de novembro, quando o Galo empatou em 2 a 2 com o Ceará, no Castelão, pela 22ª rodada do Brasileirão.  

Keno vai ter a oportunidade de quebrar esse jejum na próxima terça, quando o Galo vai enfrentar o Santos, às 20h, no Mineirão, em duelo atrasado da 28ª rodada do principal campeonato do país.

Contratado em junho do ano passado, junto ao Pyramids, do Egito, o atacante acumula 34 jogos e 11 gols pelo Alvinegro, sendo o goleador máximo do time na temporada.