Há exatos 21 anos, o sétimo maior artilheiro da história do Atlético fazia sua estreia pelo clube alvinegro. Guilherme de Cássio Alves, que recebeu do ídolo Dadá Maravilha o apelido de 'Goleador Galã' foi contratado junto ao Vasco e, acionado no segundo tempo da vitória por 2 a 0 sobre o Gama-DF, substituiu o paranaense Curê.

"Eu estava concentrado para um jogo do Vasco contra o Sport. O Gilmar Veloz, empresário, me ligou e disse que estava levando o Veloso para o Atlético e que eles também queriam um atacante. Me perguntou se eu queria, negociou o salário, e eu fui para o Atlético. Não relutei, mas na época eu tinha um bom contrato com o Vasco e só não queria ganhar menos", relembrou Guilherme em entrevista à seção Papo em Dia, em julho de 2018.

Leia mais:
'Nada contra os outros, mas eu estudei antes de me tornar treinador', diz ex-atacante Guilherme

Pelo Galo, o hoje treinador fez ao todo 205 jogos e anotou 139 gols. Na famosa parceira com Marques, que no início desta temporada acabou sendo demitido da função de Gerente de Futebol, ele foi um dos protagonistas do vice-campeonato brasileiro de 99.

"Onde eu passo, ou onde ele passa, vai ficar marcada uma das maiores duplas do futebol brasileiro. Não tenha dúvida alguma. Deu certo, foi uma coisa impressionante. A gente mantém a amizade até hoje", acrescentou o ex-jogador, atualmente com 46 anos