Anunciado como reforço do Santos em 16 de abril, Jobson ainda não atuou pelo Santos, mas esse cenário poderá ser alterado nesta quinta-feira, ainda que não da forma imaginada. Afinal, o volante está relacionado para o segundo compromisso da equipe no Campeonato Brasileiro de Aspirantes, que será disputado no Ulrico Mursa, a partir das 15 horas, contra o Coritiba.

Na competição, o Santos, que não possui mais um time B, é representado por jogadores da equipe de juniores, reforçados por atletas que vem sendo pouco utilizados pelo técnico Jorge Sampaoli. É o caso de Jobson, que foi contratado pelo clube após se destacar em sua participação no Campeonato Paulista pelo Red Bull Brasil.

Jobson não chega a ser um jogador "encostado" no elenco santista, tanto que foi relacionado por Sampaoli para todos as oito partidas que o time realizou desde que o contrato do meio-campista foi regularizado. Mas não deixou o banco de reservas em nenhum desses compromissos.

Assim, a participação no duelo desta quinta-feira pelo Brasileiro de Aspirantes pode ser importante para Jobson adquirir ritmo de jogo, ainda mais que Diego Pituca está suspenso do próximo compromisso do Santos na Série A, domingo contra o Ceará, no Castelão. E isso é importante porque ele não atua desde 26 de março, exatamente em confronto com o Santos, pelas quartas de final do Paulistão, quando estava no Red Bull Brasil.

O desfalque de Pituca não fará Sampaoli dar a Jobson uma chance como titular, mas aumenta a possibilidade de ele ser acionado durante o confronto com o Ceará. A tendência é que Jean Lucas seja titular no meio-campo. A dúvida é se o treinador escalará Alison ou adotará uma formação mais ofensiva, sem o primeiro volante e a presença do uruguaio Carlos Sánchez.

Além de Jobson, o time de aspirantes do Santos terá outras atrações no confronto desta quinta-feira. É o caso do centroavante Felippe Cardoso, que atuou pelo clube sete vezes nesta temporada, mas a última delas em 20 de março, na derrota por 4 a 0 para o Botafogo de Ribeirão Preto. E nem a escassez de camisa 9 no elenco tem levado Sampaoli a acioná-lo, tanto que não é relacionado desde o triunfo por 2 a 0 sobre o Vasco em 17 de abril.

Outro jogador que teve chance entre os profissionais em 2019 e foi relacionado pelo técnico Márcio Zanardi é o zagueiro Wagner Leonardo, de 19 anos, que recebeu uma oportunidade de Sampaoli nos minutos finais de confronto com o América-RN, pela Copa do Brasil. Ele também ficou no banco de outros dez jogos da equipe nesta temporada, a última delas o empate sem gols com o Internacional, no domingo.

Em sua estreia no Brasileiro de Aspirantes, na quinta-feira passada, o Santos perdeu por 2 a 1 para o Goiás, com o seu gol sendo marcado por Yuri Alberto.