Há oito anos, o Atlético conquistava um título mineiro marcante para sua história e também para os registros da competição estadual. Na edição 98 do campeonato, o alvinegro superou o América na decisão e, com campanha impecável, se tornou o primeiro campeão da Nova Arena Independência.

O estádio, que havia passado por reformas para a Copa do Mundo de 2014, recebeu os dois duelos da decisão. No primeiro, empate em 1 a 1. No segundo, com dois gols de Bernard, o alvinegro não deu chances ao Coelho e goleou por 3 a 0. O volante Serginho anotou o outro.

Naquela tarde, mais de 17 mil pessoas foram ao estádio do Horto e viram o Galo superar o Coelho e, de quebra, levantar o caneco de forma invicta. Isso não acontecia com o clube há 36 anos. Aquele, inclusive, era o 41º título alvinegro no Estadual.

Na primeira fase, foram 9 vitórias e 2 empates, chegando ao topo da tabela com 29 pontos. Nas semifinais, empate em 1 a 1 com o Tupi no jogo de ida e vitória por 1 a 0 na volta.

O América, por sua vez, despachou o Cruzeiro nas semifinais. Na época, o time era comandado pelo experiente Givanildo de Oliveira.

bernard

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO 3 X 0 AMÉRICA

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte 
Data: 13 de maio de 2012 (domingo)
Horário: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS) Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Fabiano Pereira (Fifa-TO)
Cartões amarelos: (Atlético) Guilherme, Bernard, Serginho, Mancini (América) Alessandro, Bruno Meneghel, Bryan
Gols do Atlético: Serginho, aos 30 e Bernard aos 39 minutos do primeiro tempo; Bernard, aos 31 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO: Giovanni; Marcos Rocha, Réver, Rafael Marques e Richarlyson; Pierre, Serginho (Lima), Bernard e Danilinho; Mancini (Paulo Henrique) e Guilherme (Cláudio Leleu)Técnico: Cuca
AMÉRICA: Neneca; Patrick (Kaio), Gabriel, Everton e Bryan; China, Leandro Ferreira, Moisés (Adeílson) e Rodriguinho; Alessandro e Fábio Júnior (Bruno Meneghel)
Técnico: Givanildo Oliveira