O dia 16 de agosto jamais sairá da cabeça do baiano Robson Conceição, de 29 anos. A medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio-2016 (há exatos dois anos), conquista  inédita para o boxe brasileiro, foi apenas a coroação de uma trajetória de muita luta.

Antes de desbancar o francês Sofiane Oumiha, na decisão, o pugilista já encarava adversários muito mais duros, todos impostos pela vida. E o Hoje em Dia estava lá, presente neste momento histórico para o esporte tupiniquim.

Leia mais:
'Sonho com o cinturão e meu projeto social', revela medalhista de ouro Robson Conceição

Ajudando a mãe e a avó no sustento da casa desde criança, o também Sargento da Marinha trabalhou de feirante e auxiliar de pedreiro. Sem contato com o pai, ainda na infância precisou ser o homem da casa.