Há exatos 10 anos, o Atlético entrava em campo, no Vale do Aço, para fazer o primeiro duelo da final do Campeonato Mineiro, contra o 'badalado' Ipatinga do técnico Gilson Kleina. Naquela tarde, 11 mil pessoas estiveram nas arquibancadas para acompanhar a vitória do alvinegro, por 3 a 2.

Peça indispensável no elenco atual e único remanescente daquele dia, o atacante Diego Tardelli, além do gol anotado aos 29 minutos do primeiro tempo, teve a missão de utilizar a faixa de capitão no embate contra o Tigre. Muriqui anotou os outros dois tentos para os comandados de Vanderlei Luxemburgo.

Na partida de volta, disputada no Mineirão, o Atlético voltou a vencer. O 2 a 0 no placar, teve gostinho especial. Além de o marcador ter sido inaugurado por Tardelli, o ex-atacante Marques - que até pouco tempo desempenhou a função de gerente de futebol -, foi o responsável por balançar a rede no 'gol do 40º título estadual' do alvinegro; seu último como atleta profissional.

Além do caneco, o time de Luxemburgo terminou a competição com o melhor ataque, 41 gols marcados, e também com a maior goleada: 6 a 0 sobre o Democrata-GV.