Na véspera de mais uma partida importante pelo Campeonato Brasileiro, o Atlético, mais uma vez, não poderá contar com o meia Dátolo.

O argentino ficou de fora da lista de relacionados para a partida com o Sport, nesta quinta-feira (15), no Independência, e aumentou os rumores sobre uma possível transferência para outro clube.

O contrato entre Atlético e Dátolo termina no final do ano, e ainda não houve um contato entre as partes para a renovação.

Como o jogador não disputou sete partidas pelo Galo no Brasileiro, o regulamento da competição prevê que o jogador pode se transferir para outra equipe da Série A.

Entretanto, se o meia quiser defender outra equipe da primeira divisão, vai ter correr contra o tempo. Isso porque o prazo para inscrições de novos atletas se encerra nesta sexta-feira (16).

Leia mais

Com Atlético, Florida Cup divulga dois formatos de torneio para 2017

Contra o Leão do Recife, Galo tem a missão de manter vivo sonho do título

Robinho reencontra time contra o qual iniciou vida de artilheiro na Série A

Em julho, o Fluminense demonstrou interesse no jogador, mas as tratativas não avançaram. Nas últimas semanas, o São Paulo surgiu como possível destino do meia.

Porém, apesar da necessidade de reforçar o elenco, o tricolor paulista vem hesitando no acerto com Dátolo, considerando uma contratação de risco devido ao alto salário do jogador e seu histórico de lesões. 

Dátolo não atua desde o dia 30 de junho, na vitória por 5 a 3, sobre o Botafogo, no Mineirão. Desde então, o jogador se recuperou de mais uma lesão muscular, e fez um trabalho especial de recuperação física com o intuito de previnir mais lesões. 

Mesmo liberado pelo departamento médico e pela preparação física, o jogador vêm alegando insegurança em relação a parte física, para não estar apto para voltar a atuar. 

Dátolo chegou a ser relacionado para a partida com o Vitória, na última quarta (7), mas se negou a entrar em campo quando chamado pelo técnico Marcelo Oliveira.

Na ocasião, o comandante alvinegro revelou que o jogador estava receioso em relação a parte física, após o aquecimento para a partida. 

* Colaborou Lucas Borges