Na próxima quinta-feira (21), o goleiro Victor completará 38 anos. Terceiro reserva do Atlético, verá um filme passar pela sua cabeça. Há uma década, em 2011, ele defendia o Grêmio, rival do alvinegro nesta quarta (20), em Porto Alegre.

No aniversário de 28 anos, o hoje 'São Victor do Horto' entrava em campo pelo Tricolor Gaúcho e ajudava a equipe a derrotar o São José, por 2 a 1, no antigo Estádio Olímpico. Pelo Grêmio, inclusive, fez 263 partidas, antes de ser anunciado na temporada seguinte como reforço do Galo, numa das tuitadas mais importantes do então presidente Alexandre Kalil.

Ainda naquele ano de 2011, Victor foi convocado por Mano Menezes para a Seleção Brasileira e, terceiro reserva com a Amarelinha, foi campeão do Superclássico das Américas, contra a Argentina.

Peça fundamental nas principais conquistas recentes da história do Atlético (Copa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Libertadores), Victor tem o contrato se encerrando em 28 de fevereiro. Apesar dos feitos conquistados com a camisa preta e branca, o arqueiro dificilmente seguirá no elenco. 

Apesar da diretoria não se manifestar sobre o assunto, nos bastidores do clube se comenta que este casamento clube/jogador chegará ao fim, mas de forma bem amistosa.