Quarto colocado do primeiro treino livre do GP da Inglaterra de Fórmula 1, Lewis Hamilton fechou o dia em Silverstone na vice-liderança da segunda sessão, na qual ficou 0s069 atrás do finlandês Valtteri Bottas, seu companheiro de Mercedes, o líder. Ao analisar o seu desempenho, o piloto disse que os ventos fortes o atrapalharam nestes trabalhos iniciais de pista da prova realizada no seu país, mas exaltou que a sua equipe está forte na briga pelas primeiras posições do grid de largada no treino classificatório deste sábado, que começa às 10 horas (de Brasília).

"Teve muito vento, forte rajadas, então não foi o mais fácil dos dias, mas estamos lá (entre os mais rápidos) com certeza, e parece que vamos estar na briga. É sempre difícil dizer após um dia difícil, a Ferrari é sempre um pouco mais lenta na sexta e então recupera o ritmo no sábado", disse o britânico, líder disparado do Mundial de F-1, com 197 pontos, enquanto Bottas é o segundo colocado, com 166.

Hamilton também apontou um ponto no qual o seu carro precisa evoluir para se tornar mais competitivo no treino de classificação para o grid. "Eu estava tendo problemas com a parte traseira e escapei algumas vezes (na pista), mas Valtteri parecia muito mais confortável no carro, então vamos trabalhar mais essa noite para tentar descobrir quais os problemas são para resolvermos para amanhã", enfatizou.

E Bottas confirmou que ficou satisfeito com o seu rendimento nesta sexta-feira. "Tive um bom dia desde o início, tanto em termos de minha atuação como a do carro", disse o finlandês. "Sempre é bom quando começa assim um final de semana. A pista é menos acidentada do que no ano passado, o que é bom. Fizeram um trabalho muito bom com o asfalto e desfrutei muito da pilotagem", completou.

O líder do dia, entretanto, lembrou que a reforma da pista também pode provocar algumas surpresas, pois o asfalto está mais liso do que era antes. "A nova superfície tem muita aderência, mas às vezes você pode perder o carro de repente em um novo asfalto", destacou.

Após o treino de classificação deste sábado, a corrida terá largada às 10h10 (de Brasília) de domingo, quando o circuito de Silverstone será palco da décima etapa desta temporada. Nas nove provas anteriores, Hamilton conquistou seis vitórias, Bottas ganhou duas e o holandês Max Verstappen triunfou em uma, no domingo retrasado, quando brilhou pela Red Bull no GP da Áustria.