Lewis Hamilton nunca escondeu que Ayrton Senna é seu maior ídolo na Fórmula 1. No Brasil, para o GP disputado no início de novembro, o inglês citava o nome do brasileiro em cada entrevista. E reiterava que Senna era sua maior inspiração para buscar o bicampeonato. Agora Hamilton quer usar Senna como exemplo para conquistar, assim como o brasileiro, o tricampeonato.

"Eu sempre quis repetir o que Ayrton fez. Agora eu tenho dois títulos e vou trabalhar duro para alcançar o terceiro", declarou o piloto da Mercedes, em entrevista à revista inglesa Autosport. "Não foram muitos os que conseguiram ganhar campeonatos, mas se eu tiver a oportunidade, pode ter certeza de que estarei pronto."

Hamilton acredita que terá grande chance de faturar o terceiro troféu em 2015. Na sua opinião, a Mercedes seguirá dominante no circuito, o que lhe dará a oportunidade de brigar pelo título, novamente em duelo com o companheiro Nico Rosberg. "O que acontece é que esta equipe é a melhor. E planejamos sermos ainda melhores no ano que vem."

O inglês mostra confiança no trabalho intenso da Mercedes, que não deve se acomodar depois do título, na sua avaliação. "Há muito trabalho a ser feito. E eu tenho confiança neles. Não é o caso de aproveitar a condição de campeão mundial e simplesmente entrar no próximo campeonato sem trabalho. Tudo vai começar do zero depois disso. Queremos chegar em 2015 ainda mais fortes", projeta.