Lewis Hamilton fará neste fim de semana seu segundo GP da Áustria na Fórmula 1. Depois de uma ótima exibição no ano passado, quando largou em nono e precisou fazer uma prova de recuperação para terminar em segundo, o piloto espera a primeira vitória em Spielberg. Principalmente pelo que o circuito local significa para ele desde a infância.

"É um grande desafio para mim e algo para o qual estou animado. Eu cresci jogando jogos de computador com esta pista e eu nunca podia realmente pilotar nela, era uma das minhas favoritas nos jogos de computador. Eu a assistia nos dias de Michael (Schumacher) e Rubens Barrichello aqui, até nos dias anteriores", declarou nesta quinta-feira.

Hamilton garantiu que o carinho pelo local só cresceu depois que ele conheceu a cidade. "O que eu não sabia é quão bonito esse lugar é. Não sabia quão incríveis são as montanhas e tudo por perto. Ano passado eu passei um tempo realmente bom por aqui", lembrou.

Depois de 11 anos fora do calendário, o GP da Áustria voltou a ser disputado no ano passado. E uma vitória no país confirmará o grande momento de Lewis Hamilton, líder do Mundial e vencedor da última etapa, no Canadá, depois de perder o GP de Monaco para seu companheiro Nico Rosberg graças a um erro de planejamento da Mercedes.

"Vencer no Canadá foi muito importante para mim, sem relacionar com o Nico, apenas para voltar depois de uma corrida realmente difícil e uma experiência pessoal difícil em Mônaco. Foi a coisa mais importante e desafiadora porque não era uma corrida fácil e poderia ter ido muito mal na prova seguinte", analisou.