Em um duelo direto na parte intermediária da tabela, Cruzeiro e Brasil-RS se enfrentam neste sábado (5), às 21h, no Mineirão, pela 26ª rodada da Série B.

O confronto no Gigante da Pampulha será o quinto entre as equipes na história. E o equilíbrio é marca do retrospecto dos embates entre a Raposa e o Xavante.

Nos quatro jogos disputados entre as equipes até o momento, foram duas vitórias para cada lado, com seis gols marcados pela equipe celeste, e três pelo time gaúcho, conforme levantamento do portal Cruzeiropédia.

No primeiro turno da Série B, o Brasil-RS levou a melhor, vencendo por 1 a 0, com gol do atacante Gabriel Poveda, em partida disputada no estádio Bento Freitas, em Pelotas, no dia 2 de setembro, pela sétima rodada da competição.  

O duelo contribuiu diretamente para a demissão do técnico Enderson Moreira, sacramentada na rodada seguinte, quando o time celeste empatou em 1 a 1 com o CRB, dentro de casa.

Felipão no rival

A primeira partida entre Cruzeiro e Brasil-RS foi realizada no dia 1º de fevereiro de 1984, pela Taça de Ouro, nome dado ao Campeonato Brasileiro daquele ano.

Na ocasião, o Xavante venceu por 1 a 0, no Bento Freitas, com gol marcado por Bira.

A curiosidade, no entanto, fica pelo comandante da equipe gaúcha nesse duelo.

Então com 35 anos, e à frente apenas do seu terceiro clube de uma carreira que se consolidaria como umas mais vitoriosas entre os técnicos brasileiros, Felipão era o técnico do Brasil-RS.

Vinte dias depois, a Raposa devolveu a derrota e goleou o adversário por 4 a 0, no Mineirão, com dois gols de Tostão II, um de Eduardo Lobinho e outro de Ailton, também pelo Brasileiro.

As equipes voltaram a se enfrentar no dia 9 de março de 1993, no Bento Freitas. Dessa vez, em um amistoso, vencido pelo time celeste com gols de Roberto Gaúcho e Luiz Fernando Flores. Hélio descontou para os donos da casa. 

Agora, 36 anos depois do primeiro encontro, Luiz Felipe Scolari - um dos pilares do atual Cruzeiro - busca os três pontos contra o ex-clube, para tentar aproximar o time celeste da primeira parte da tabela de classificação.

Com 31 pontos, na 15ª colocação, o Cruzeiro ultrapassaria o Xavante, que tem dois pontos a mais, na 13ª colocação, em caso de vitória.