A estrela do "Homem do Bigode" brilhou mais uma vez. Com dois gols na noite desta quarta-feira (6), o atacante Willian ajudou o Cruzeiro a dar um passo importante rumo às oitavas de final da Copa do Brasil, ao derrotar o Vitória por 2 a 1, em pleno Barradão.

Satisfeito com o rendimento, o camisa 9 da Raposa comemorou bastante o resultado, mas ponderou que nada está ganho ainda. Para ele, usar o regulamento a favor foi ótimo para o time em Salvador.

"Não é fácil ganhar aqui. Mesmo com bastante atletas de fora, os que vieram aproveitaram a oportunidade. Creio que a gente oscilou bastante no jogo, mas conseguimos uma vitória muito importante. Fizemos um bom jogo e agora é descansar e voltar o foco para o Brasileiro", comentou o Bigode.

"Faltou um pouco de maturidade e inteligência no jogo passado (empate em 2 a 2 pelo Brasileirão). Aprendemos muito com isso. Temos um grupo muito mesclado e faltou a maturidade de segurar a bola. Passou, não vai voltar e que não aconteça nos próximos jogos", acrescentou.

Sobre o rodízio no time, promovido pelo técnico Paulo Bento, o atacante disse não ser a favor, mas preferiu não polemizar. Para Willian, o português sabe o que faz e o importante é o bom rendimento do time.

"Não temos esta cultura (de revezamento). Passei por isso na Ucrânia e é difícil adaptar no começo. O Paulo sabe que aqui não temos este hábito, mas não tenho que lamentar nada. Tenho que respeitar e trabalhar. Acredito que não fico de fora por questão técnica ou física. É apenas estratégia dele", disse o jogador.

Na próxima segunda-feira (11), o time celeste volta a campo pelo Brasileirão e encara o Atlético-PR no Mineirão. Para o duelo, o camisa 9 convoca a torcida, mesmo sabendo que o time ficou devendo na última atuação em casa.

"Contamos com o apoio do torcedor, mesmo sabendo que ficaram chateados com o jogo de domingo. Sempre que temos a torcida do nosso lado é muito importante. Esperamos engrenar com os reforços e almejar coisas melhores na competição", observou Willian.

Pela Copa do Brasil, a Raposa volta a encarar o Vitória apenas no dia 20. Para avançar, o time pode até perder por 1 a 0 que se garante na sequência da competição nacional.