Poucas horas após o Cruzeiro repudiar publicamente os recentes casos de racismo no futebol, o atacante da Raposa, William Pottker, fez uma publicação em que endossa uma fala que minimiza o caso envolvendo o jogador Gérson, do Flamengo.

O meio-campista do Rubro-Negro acusou o Índio Ramirez, do Bahia, de ter cometido o crime de injúria racial contra ele, no duelo entre as duas equipes, no último domingo (20), no Maracanã, pelo Brasileirão.

Após o duelo, vencido pelo Fla por 4 a 3, Gérson revelou a situação em entrevista, afirmando, inclusive, que o técnico Mano Menezes - que deixou o cargo horas depois - minimizou o caso, classificando-o como "malandragem" do jogador do Flamengo.

A fala contundente de Gérson gerou grande repercussão no Brasil, fazendo com que diversos clubes, inclusive o Cruzeiro, se manifestassem contra o racismo.

Em publicação na noite de domingo, a Raposa repudiou esse, e outros recentes casos envolvendo o racismo no futebol:

"Recentemente, um caso de racismo na Champions League e outro contra um menino de 11 anos. Hoje, mais um no Campeonato Brasileiro. Não dá mais. Nossa solidariedade ao Gerson, atleta do @Flamengo e a todos aqueles que sofrem diariamente o peso das atitudes racistas.#RisqueORacismo", disse o post.

Acusado de ter cometido o crime, Ramírez foi afastado pelo Bahia até o fato ser apurado.

"Esquentadinho"

Em corrente contrária a maioria das instituições e personalidades do esporte que se posicionaram sobre o caso, o ex-jogador Vampeta preferiu minimizar o episósio.

Durante participação no programa "Mesa Redonda", da TV Gazeta, o ex-volante da seleção brasileira relatou uma conversa com o também ex-atleta Amaral sobre a situação.

"Este final de semana eu estava em Sorocaba em um evento com o Amaral [também ex-jogador], a gente estava no mesmo carro e ele falava: 'Vampeta, está muito chato este negócio na bola de qualquer coisinha [ser racismo]... pô, a gente se chama de negão, chama de macaco...'. Eu estava vendo o jogo e o Gerson estava muito esquentadinho com tudo. Joga muito, merece uma oportunidade na seleção, mas eu não vi [o caso] para tanta... de negro, não sei o que... no calor do jogo...", disse Vampeta.

Pottker

Essa fala de Vampeta foi compartilhada por William Pottker em uma de suas redes sociais, acompanhada de um emoji de palmas, deixando claro que concorda com o teor da fala de Vampeta.

Minutos após a publicação, o post de Pottker viralizou nas redes sociais, com muitos comentários condenando a postura do atacante do Cruzeiro.

O Hoje em Dia procurou a assessoria de comunicação da Raposa para saber se o jogador da equipe celeste deseja comentar a repercussão do caso, mas não obteve retorno até o momento.

Post William Pottker sobre caso Gérson racismo