O Atlético está na semifinal da Copa do Brasil. Em um duelo muito disputado, o Galo venceu o Fluminense por 1 a 0 nesta quarta-feira (15), no Mineirão, no jogo de volta das quartas de final da competição. A equipe alvinegra chegou à vitória com gol de Hulk, em cobrança de pênalti, aos 10 minutos do segundo tempo.

Na primeira partida, no Rio de Janeiro, o time comandado por Cuca já havia ganhado por 2 a 1.

Além da vaga na semi, o Galo acumulou R$ 7,3 milhões ao eliminar o Flu. O valor corresponde à cota de premiação pela participação na semifinal da Copa do Brasil.

O Alvinegro agora dá um tempo na competição mata-mata e volta a pensar no Campeonato Brasileiro. Líder da Série A, com 42 pontos o time mineiro recebe o Sport, neste sábado (18), às 19h, novamente no Gigante da Pampulha, pela 21ª rodada do torneio. 

Jogo duro 

Atuando em casa, o Atlético tentou tomar a iniciativa, mas esbarrou na bem armada defesa do Fluminense. Além de conseguir parar o ataque do Galo, a equipe carioca levou muito perigo aos donos da casa com Fred. Aos 28 minutos, o centroavante aproveitou cruzamento de Danilo Barcelos, pela esquerda, e cabeceou forte, no meio do gol, exigindo grande defesa de Everson.

Dois minutos depois, o goleiro do Galo se enrolou em cruzamento de Nonato, saiu mal, e a bola sobrou para Caio Paulista, que finalizou para fora. 

Do lado do Alvinegro, Hulk e Zaracho, em jogadas parecidas, foram os mais perigosos, arrematando cruzado, perto do canto direito. 

Diego Costa

No intervalo, Cuca fez a substituição que mudou o rumo da partida. Acionado no lugar de Vargas, Diego Costa entrou bem, com muita movimentação e mostrando sintonia com Hulk. 

Aos 7 minutos, Mariano avançou pela direita, cruzou e viu a bola parar no braço de Danilo Barcelos. Com o auxílio do VAR, o árbitro Raphael Claus marcou a penalidade, convertida por Hulk, aos 10 minutos. 

Os comandados de Cuca quase ampliaram com Igor Rabello, mas a cabeçada do defensor acertou a trave direita de Marcos Felipe.

Mesmo sem marcar o segundo gol, os donos da casa seguiram criando chances de gol, além de terem controlado o adversário até o fim do jogo.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 1
Everson; Mariano, Igor Rabello, Alonso e Arana; Jair (Réver), Allan, Zaracho (Keno) e Nacho (Sasha); Vargas (Diego Costa) e Hulk (Nathan)
Técnico: Cuca

FLUMINENSE 0
Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; Wellington (Arias), Nonato e Yago Felipe; Luiz Henrique (Bobadilla), Caio Paulista (Gustavo Apis) e Fred (Abel Hernández)
Técnico: Marcão

DATA: 15 de agosto de 2021 (quarta-feira)
ESTÁDIO: Mineirão
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: Jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil
ARBITRAGEM: Raphael Claus (Fifa), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa) e Alex Ang Ribeiro, todos de São Paulo
VAR: José Claudio Rocha Filho (SP/Fifa)
CARTÕES AMARELOS: Zaracho (Atlético); Danilo Barcelos, Yago Felipe (Fluminense)
GOL: Hulk aos 10 minutos do segundo tempo

Leia mais
Atlético chega a 199 gols no Novo Mineirão, 200ª bola na rede pode acontecer no jogo contra o Sport
Com gol sobre o Fluminense, Hulk se isola na artilharia do Atlético no Novo Mineirão
Com vaga garantida nas semifinais, Galo ultrapassa R$ 15 milhões em premiações na Copa do Brasil