Com seis gols na Copa Libertadores, Hulk igualou Diego Tardelli (e Fred) como quinto maior artilheiro do Atlético na história do torneio e tenta subir mais alguns degraus. À frente deles estão Jô (11 gols), Guilherme (nove), Cazares (oito) e Lucas Pratto (sete).

Chegar à mesma marca de DT9 foi algo bastante celebrado pelo camisa 7 ao fim do duelo dessa terça-feira (25), em que o Galo goleou o La Guaira, por 4 a 0, no Mineirão. E, nas entrelinhas, o Vingador deu a entender que espera que o colega de ataque renove seu contrato com o clube.

“O Diego é uma referência. Além de grande jogador, tem história aqui no clube. O conheço há muito tempo, merece respeito pelo profissional e pela pessoa que é. Um dos meus amigos no futebol, fico muito feliz por isso. Torço para que esteja com a gente fazendo gol também”, disse Hulk.

O vínculo de Tardelli com o Atlético se encerra no fim deste mês. Ainda não há definição de seu futuro no Galo.

Responsabilidade

Na mesma entrevista coletiva, Hulk destacou que o time ainda vai evoluir muito, ciente da responsabilidade de angariar mais títulos na temporada. 

“Acho que a gente não tem que escolher títulos. Todos são importantes. Sempre é bom estar na foto do campeão, como aconteceu três dias atrás (no título do Mineiro, no sábado). Hoje alcançamos outro objetivo, de classificar como primeiro geral. E Brasileiro também é muito importante, são 50 anos sem ganhar, então viemos para fazer história. Temos adversários fortes, não será fácil. Mas vamos manter nosso comprometimento”, comentou.

Atlético