A temporada 2021 tem sido de expressivos resultados para o Atlético até o momento. Além de conquistar o Campeonato Mineiro, o Galo lidera o Brasileirão e está garantido nas semifinais da Libertadores e da Copa do Brasil.

No torneio de mata-mata, a classificação veio após uma vitória por 1 a 0, no Mineirão, nessa quarta-feira (15), no duelo de volta das quartas de final. Na ida, o Alvinegro havia vencido por 2 a 1. 

Além do sucesso em campo, a contratação de jogadores renomados como Hulk, Nacho Fernández e por último Diego Costa, aumentam a expectativa do atleticano na conquista de um título de peso neste ano.

Entretanto, experiente no meio do futebol e ciente das dificuldades que o time ainda vai enfrentar, o técnico Cuca pede cautela para o time seguir firme na disputa pelas taças. 

"Eu tenho conversado muito com eles (jogadores) tudo o que eu penso e reflito a respeito do que é o momento que a gente vive. É um momento em que você pode ganhar três títulos, dois, um e pode não ganhar nenhum. Então, a gente tem que tomar muito cuidado, porque a distância entre o sucesso e o fracasso é muito curta", disse o técnico, em entrevista coletiva após o duelo com o Flu. 

No mesmo tom, o comandante citou os qualificados adversários que o Atlético enfrentou e ainda vai enfrentar nesta caminhada em busca de títulos. 

"Se você tiver três tropeços, vocês todos (da imprensa) vão criticar - e com razão, porque chegou, mas não ganhou. É difícil, porque só ganha um e você está medindo forças com Boca, com River, com Fluminense, com Palmeiras, com Flamengo, com São Paulo, com Grêmio, Inter, que são equipes iguais a você. Estamos indo. Só Deus sabe aonde a gente vai chegar nas três competições. A gente tem muita humildade e pé no chão”.

Confiança

Apesar da cautela em relação a possíveis armadilhas que possam surgir na reta final da temporada, Cuca fez questão de mostrar confiança na conquista de grandes objetivos nesta temporada. 

"É um clube muito carente de títulos, é uma torcida apaixonada, apaixonada demais da conta, que eu sei. A gente vive, hoje, um momento de estar nas três frentes com chances de ganhar, mas em nenhuma você tem a segurança de ganhar. Você tem a condição de lutar para ganhar. E isso a gente tem posto na cabeça deles direto, que a gente tem que entrar em campo com o pensamento de ir o mais longe possível, o que pode a cada jogo, e consequentemente em cada campeonato". 

Com a classificação assegurada, o Alvinegro agora dá um tempo na Copa do Brasil e volta a pensar no Campeonato Brasileiro. Líder da Série A, com 42 pontos o time mineiro recebe o Sport, neste sábado (18), às 19h, novamente no Gigante da Pampulha, pela 21ª rodada do torneio. 

Leia mais
Hulk marca, Atlético volta a bater o Fluminense e se garante na semifinal da Copa do Brasil
Com gol sobre o Fluminense, Hulk se isola na artilharia do Atlético no Novo Mineirão
Com vaga garantida nas semifinais, Galo ultrapassa R$ 15 milhões em premiações na Copa do Brasil