Compatriotas que atuam no Brasil, nascidos em 1993, contratados por Alexandre Mattos, titulares da seleção paraguaia e, na próxima segunda-feira (2), adversários no duelo válido pela 19ª rodada da Série A. Xerifes das zagas de Atlético e Palmeiras, Junior Alonso e Gustavo Gómez devem se enfrentar pela primeira vez em solo tupiniquim e, caso acionados pelos respectivos treinadores, reeditarão um velho embate da década de 1990.

Já aposentados, Rivarola e Gamarra defendiam Grêmio e Corinthians em 98. Naquele ano, ambos foram convocados por Paulo César Carpegiani para a Copa do Mundo e fizeram parte da histórica equipe paraguaia, que mostrou uma das defesas mais fortes de todas as edições do torneio; cabe lembrar que o ídolo gremista, ao contrário do então corinthiano, não foi acionado na França, mas era uma grande opção no banco de reservas. 

Voltando a 2020, no último jogo da Albirroja, Alonso e Gómez marcaram presença entre os onze do técnico Eduardo Berizzo e ajudaram na vitória por 1 a 0 sobre a Venezuela, em jogo válido pela segunda rodada da Eliminatória para a Copa de 22, no Catar.

No Palmeiras desde 2018, Gómez esteve perto de se transferir no meio desta temporada, mas acabou renovando com o alviverde. Ao todo, em 2020, ele participou de 31 partidas, sendo 11 pelo Brasileirão.

Alonso, por sua vez, deixou o Boca Juniors durante a paralisação do futebol, devido à pandemia do novo coronavírus, e aceitou o desafio de atuar na zaga atleticana, sob o comando do argentino Jorge Sampaoli. Homem de confiança, ele só ficou de fora de dois jogos no alvinegro; justamente para defender a seleção.

Eliminatória e Brasileirão

No próximo dia 12, a dupla deve se juntar novamente. O Paraguai encara a Argentina, pela terceira rodada da Eliminatória, e, cinco dias depois, recebe a Bolívia no Defensores Del Chaco. Enquanto isso, o pensamento dos xerifes segue em Atlético e Palmeiras.

Com 32 pontos conquistados, e com um jogo a menos que os líderes Internacional e Flamengo, que somam 35, o Galo ocupa a terceira colocação. Sem vencer há três jogos, os mineiros têm a missão de desbancar Gómez e cia dentro do Allianz Parque. O jogo está marcado para às 17 de segunda-feira.

O Palmeiras, por sua vez, aparece na 7ª posição na tabela, com 25 pontos. Vindo de vitória sobre o Atlético-GO, em Goiânia, o alviverde quebrou jejum de quatro partidas sem saber o que era vencer e, contra o alvinegro de Sampaoli, tentará encostar no G-4 da competição mais importante do país.