O Centro de Futebol Cartola sediará neste sábado (20) e no domingo (21), em Belo Horizonte, o lançamento do projeto Futebol Inclusivo, organizado pelo Instituto Mano Down. Com o lema “Ganhar é Todo Mundo Participar”, o objetivo da ação é criar um time de futebol capaz de promover a inclusão de pessoas com e sem deficiência.

Durante os dias do evento, que acontecerá entre 9h e 16h, além de treinos, serão oferecidas atividades como palestra com o técnico da Seleção Brasileira de Futsal Down, Cleiton Monteiro, apresentação de coral, coletiva de imprensa e espaços de interação.

Todas as ações do projeto são direcionadas as pessoas entre 6 e 60 anos, com ou sem deficiência. Os participantes poderão adquirir conhecimento sobre as regras do futebol e serão orientados a desenvolverem habilidades táticas de dribles, ataque e defesa.

Além da parte física, aspectos do desenvolvimento cognitivo e motor também serão trabalhados, incluindo postura, coordenação motora, flexibilidade e equilíbrio. É esperado, principalmente, o desenvolvimento social, inclusivo e integrativo entre todas as pessoas.

Para o presidente e fundador do Instituto Mano Down, Leonardo Gontijo, "o futebol é um dos esportes mais populares do Brasil e contribui muito para o desenvolvimento físico e motor, compreensão do corpo, interação, socialização e inclusão". "Queremos que todas as pessoas, com e sem deficiência, possam participar e interagir, pois é assim que a inclusão realmente acontece", afirma.

O Futebol Inclusivo está sendo viabilizado por meio de projeto de lei de incentivo, com o apoio da Unilever Brasil e da Secretaria de Desenvolvimento Social de Minas Gerais.

O evento de lançamento é aberto ao público e os interessados em participar poderão se inscrever, de forma gratuita, pelo site do instituto.