Faltando pouco mais de três meses para o início do Campeonato Mineiro de 2020, previsto para começar no final de janeiro, os 12 clubes participantes do torneio se mobilizam para definir o regulamento da competição.

Em reunião prévia, realizada na tarde desta terça-feira (22), no Mineirão, e teve a Federação Mineira de Futebol como mediadora, novamente um embate se formou entre os três clubes da capital e as equipes do interior em relação ao formato e ao número de datas do Estadual.

Reunião prévia Campeonato Mineiro de 2020

Assim como ocorreu nos outros anos, América, Atlético e Cruzeiro sinalizaram a preferência pelo modelo utilizado entre os anos de 2011 e 2017, que contemplavam um turno único, seguido de semifinais e finais disputadas em dois jogos cada, o que dariam 15 datas reservadas para a disputa.

Já as agremiações do interior defendem a manutenção da disputa das quartas de finais, como aconteceu nos dois últimos, consolidando 16 jogos para os finalistas do campeonato.

Certo é, que a representatividade e o peso dos três arquirrivais do Estado não serão páreos para a força das demais equipes, caso estas se unam novamente para votar no modelo que consideram mais interessante.

Isso porque, na votação que será realizada na próxima terça-feira (29), às 14h, na sede da FMF, para definir os moldes do Mineiro 2020, Cruzeiro (atual campeão) vai ter 12 pontos, Atlético (vice), 11 pontos, e América (3º), dez pontos, somarão 33 no total, contra 45 pontos dos times do interior somados.

Modelos que entraram em pauta na reunião:

- Manter o formato de 2018 e 2019 - todos contra todos na 1ª fase, com oito times se classificando para as quartas de final (em jogo único); semifinal e final em dois jogos.

- Retornar à fórmula antiga sem as quartas, com apenas quatro times se classificando

- Fazer as quartas de final em jogo de ida e volta

-  Modelo similar ao do Campeonato Carioca dos anos anteriores, com dois grupos de seis times, jogando em turno e returno, com semifinal e final em jogos únicos.

Limite de inscrições

Outro assunto deliberado na reunião foi a possibilidade da limitação do número de inscritos no próximo Campeonato Mineiro, o que já acontece em divisões inferiores do Estadual.

Segundo Leonardo Barbosa, diretor de competições da FMF, que mediou a reunião, todos os 12 clubes se manifestaram a favor dessa regulamentação, cabendo na reunião da próxima semana a determinação exata do número de jogadores a serem inscritos, podendo ser 25, 30 ou 35 atletas.

Nesse caso, a limitação não se aplicaria a jogadores formados nas categorias de base do próprio clube.

“A limitação no número de inscritos já existe em outros campeonatos da FMF. Essa limitação visa equilibrar o campeonato, evitando que haja um desequilíbrio econômico entre as equipes. Um time que tenha um patrocinador forte poderia contratar e inscrever 50, 70 jogadores no torneio”, afirmou Barbosa.