O Corinthians tenta confirmar a sua boa fase, neste domingo (16), às 16 horas, contra o Avaí, em Florianópolis. Invicto há dez rodadas, o time busca mais uma vitória para garantir o título simbólico de campeão do primeiro turno do Brasileiro. Mesmo que a conquista não tenha nenhuma representatividade ou relevância para o torcedor, a história dá vantagem aos clubes que terminam as 19 primeiras rodadas do campeonato na liderança.

Desde 2003, quando o Nacional passou a ser disputado no sistema de pontos corridos, em nove edições o campeão do turno ficou com o taça no fim do ano. As exceções foram em 2008, 2009 e 2012.

Em 2005 e 2011, nas duas oportunidades em que o Corinthians foi campeão brasileiro no formato de pontos corridos, inclusive, a equipe somou os mesmos 37 pontos que possui ate agora, após 18 rodadas. Em ambas as campanhas, a equipe terminou o primeiro turno na ponta da tabela.

Neste domingo, o Corinthians tem apenas um ponto de vantagem em relação ao segundo colocado, o Atlético-MG, e os jogadores pregam cautela porque sabem que qualquer vacilo pode custar caro. "Se puder ficar em primeiro daqui até o final do campeonato, será ótimo, mas sabemos que é difícil. São muitos jogos difíceis. Temos de pensar jogo a jogo", disse o lateral-direito Fagner, que completa neste domingo 100 jogos somando as suas duas passagens pelo Parque São Jorge.

A estratégia do Corinthians diante do Avaí será a mesma que vem dando certo até agora, independentemente do adversário e do local da partida: marcação forte e saída rápida nos contra-ataques. A ideia é apostar principalmente nas jogadas em velocidade de Malcom e Luciano e na qualidade do passe de Jadson, principal responsável por fazer a transição entre defesa e ataque da equipe.

O Corinthians terá dois desfalques. Com dores musculares, Renato Augusto e Uendel serão substituídos por Rodriguinho e Guilherme Arana, respectivamente. Convocado para a seleção olímpica que disputará amistoso contra a França, no dia 8 de setembro, Luciano vive grande fase. O atacante ganhou a vaga de titular de Vagner Love às vésperas do clássico com o São Paulo e em apenas dois jogos já marcou três gols.

Outro jogador fundamental no esquema montado por Tite é Elias. Além de ajudar na marcação, o volante costuma ocupar bem os espaços no ataque e pegar as defesas desprevenidas. Na zaga, Felipe volta de suspensão e Edu Dracena vai para o banco.

Mesmo diante de um adversário que luta para não entrar na zona do rebaixamento, o plano de Tite é não expor muito a defesa do Corinthians. Time menos vazado do campeonato, com apenas 13 gols sofridos, o alvinegro passou sufoco na última rodada, na vitória por 4 a 3 sobre o Sport, no Itaquerão. A equipe não tomava três gols desde a derrota por 3 a 1 para o Grêmio, na quinta rodada.