Jailson espera repetir o sucesso de seus antecessores no gol do América

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
28/01/2022 às 18:25.
Atualizado em 30/01/2022 às 01:07
 (Mourão Panda / América)

(Mourão Panda / América)

Mourão Panda / América

Contratado como substituto de Matheus Cavichioli, que se recupera de um procedimento cardíaco e não tem previsão de retorno aos gramados, o experiente Jailson, de 40 anos, chegou ao América com o intuito de repetir o sucesso de muitos de seus predecessores.

"Vi nos últimos anos goleiros como Cavichioli, Fernando Leal e João (Ricardo) e quero seguir os passos deles, fazer sucesso com a camisa do América", afirmou o atleta, apresentado nesta sexta-feira (28). “Não sabemos se (o Cavichioli) vai continuar, mas torço que sim”, completou ele, em apoio ao colega de equipe.

Campeão da Copa Libertadores em 2020 e 2021, como reserva de Weverton no Palmeiras, Jailson assumirá o gol do Coelho, debutante na maior competição de clubes da América. O time mineiro estreia no torneio no dia 23 de fevereiro, diante do Guaraní, do Paraguai, no Independência.

"Experiência é tudo, mas dentro de campo os jogadores vão ter que se ajudar. Não adianta eu, sozinho, com minha experiência. Todos os companheiros são fundamentais", disse.

Antes de acertar com o América, Jailson chegou a ser anunciado pelo Cruzeiro, mas o acordo foi desfeito, após Ronaldo assinar a intenção de compra de 90% das ações da SAF. Quis o destino que o arqueiro permanecesse em Belo Horizonte, só que trajando outro uniforme.

"Muito feliz de vestir essa camisa maravilhosa. Estou preparado. Minha vida sempre foi com desafio, e espero ser feliz aqui", comentou.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por