Enquanto Atlético e Cruzeiro não entram em campo para a disputa da sétima rodada do Campeonato Brasileiro, contra Criciúma e Internacional, respectivamente, os bastidores nos bairros de Lourdes e Barro Preto estão a todo vapor. O Galo pode confirmar, a qualquer momento, o meia Maicosuel como primeiro reforço da Era Levir. O rival negocia a venda do volante Nilton, um dos destaques do título do ano passado.

Na Cidade do Galo, a diretoria precisa resolver ainda a questão do atacante Fernandinho, emprestado pelo Al Jazira, dos Emirados Árabes, até o dia 15 de junho. O clube mineiro precisa tentar estender o vínculo do jogador ou pagar € 3,5 milhões para ficar com o atleta em definitivo. Caso entre em campo amanhã, ele completa sete partidas pelo Atlético e não pode mais se transferir para outro time nacional.

A cúpula alvinegra também garante não medir esforços para tentar assegurar a permanência do zagueiro argentino Otamendi, comprado por cerca de R$ 35 milhões pelo Valência, da Espanha, e que está emprestado ao clube mineiro apenas até o fim deste mês.

Além disso, com propostas de várias equipes da Europa pelo atacante Jô, o Galo estuda a melhor opção, mas o destino pode ser mesmo o Borussia, da Alemanha, que ofereceu cerca de R$ 50 milhões. Diante das possibilidades de saídas e reformulação pela qual o elenco passará, a busca por reforços é mais do que prioridade.

Passagem das mãos

No time celeste, os jogadores seguem valorizados. Afinal, os tricampeões brasileiros ganharam visibilidade internacional, após a campanha do ano passado. O volante Nilton foi liberado por quatro dias, até segunda-feira, para tratar de assuntos particulares, que poderiam ser sobre uma transferência para a Internazionale de Milão. Apesar de o Cruzeiro não confirmar, a imprensa italiana crava a ida do jogador à Itália para realizar os exames médicos e acertar com o clube.

A proposta pelo atleta seria na ordem de € 5 milhões. Os direitos econômicos de Nilton estão divididos entre Cruzeiro, investidores, empresário e o próprio jogador.

Outros que também seguem valorizado e podem deixar a Raposa na janela de transferência, que abre em 15 de julho, são os jovens revelados na base do time, como o volante Lucas Silva e o lateral-direito Mayke. Já foram especulados ainda o zagueiro Dedé e o meia Éverton Ribeiro, craque do Brasileirão-2013.

O atacante Willian tem futuro incerto, já que seu contrato de empréstimo termina em 14 de julho, junto ao Metalist, da Ucrânia. Para ficar com o jogador, é preciso pagar € 4 milhões.

Apesar de tanta movimentação, o treinador Marcelo Oliveira disse não se preocupar com um possível desmanche. Sobre a chegada do meia do Vitória, Marquinhos, o treinador descartou veementemente o interesse no atleta.