Aos poucos, o técnico Deivid vem implantando suas ideias no Cruzeiro. No empate em 1 a 1 contra o Criciúma nesta quarta-feira (27), no Heriberto Hülse, em Santa Catarina, ficou clara a face ofensiva da equipe com quatro homens de frente e apenas dois volantes. Contudo, o setor defensivo apresentou muitas falhas, dando indícios que o treinador terá bastante trabalho para corrigir.

A falta de sintonia entre a defesa e o ataque foi comentada pelos jogadores celestes. O zagueiro Bruno Rodrigo admitiu que o time encontrou problemas. Segundo ele, essas situações serão corrigidas nos treinamentos. "Perdemos algumas bolas bobas, mas temos muito para trabalhar e aprimorar. Foi o primeiro jogo ainda. A gente vai procurar melhorar, acertar essa bola parada, para que a gente possa melhorar no decorrer do ano e não levar gol dessa forma", disse o jogador.

Para ele, o Cruzeiro poderia encontrar uma sorte melhor na partida. "Dava para sair com os três pontos. Tomamos um gol de bobeira, mas no geral jogamos bem", analisou.

O lateral-direito compactua com a ideia do companheiro. "Nossa equipe fez um bom jogo, trabalhou bastante a bola, fez o que o Deivid pediu. É começo de temporada. Agora é procurar trabalhar mais, o ano é longo. O time estava atacando bastante e tomando muito contra-ataque. Temos que tomar cuidado para não levar gols de bobeira assim", falou.