O Cruzeiro empatou em 1 a 1 com URT, nesse domingo (24), no estádio Zama Maciel, em Patos de Minas, e se distanciou da liderança do Campeonato Mineiro.

Com o empate no Alto Paranaíba, a Raposa chegou aos 16 pontos, permanecendo na terceira colocação, e agora está a três pontos do Atlético, que lidera a tabela de classificação.

Após o quarto empate em oito jogos pelo estadual, o meia Robinho admitiu que a busca pela primeira colocação, que garante vantagens nas fases final do torneio, ficou comprometida.

"É ruim. Viemos aqui com a confiança de vencer, sabíamos que precisávamos vencer. Pesa muito. Mas tem campeonato ainda. Nos atrapalha no que a gente queria, de buscar a primeira colocação. Atrapalha bastante. Mas vamos virar a chavinha agora e pensar na estreia na Libertadores", completou o meio-campo celeste.

Mudança de foco

O capitão Henrique afirmou que é natural uma possível desconfiança do torcedor com o time após mais uma partida sem vitória, mas pregou otimismo para a sequência da temporada, prometendo um melhor desempenho da equipe nos próximos jogos.

“Natural que fiquem (torcedores) receosos, mas o Cruzeiro vem forte nessas competições  ainda maias esse ano. Vamos focar ainda mais, pode acreditar que vamos melhorar, e o Cruzeiro vai dar muitas alegrias.

Como não vai haver rodada pelo Campeonato Mineiro no fim de semana de carnaval, o próximo compromisso da equipe celeste será pela Libertadores.

No dia 7 de março, a Raposa enfrenta o Huracán, às 19h, no estádio El Palácio, em Buenos Aires, pela primeira rodada do grupo B do torneio.