Os jogadores do Flamengo consideraram atípica a vitória desta quarta-feira diante do Internacional, no Maracanã. O time gaúcho, ainda no primeiro tempo, sofreu com as expulsões do lateral-direito Bruno e do atacante Guerrero.

"Foi um jogo atípico, mas na minha visão as expulsões foram bem claras. Obviamente é inusitado. Não treinamos com dois a menos nem nos treinos. Eles ainda acharam um gol, mas logo controlamos o jogo e conseguimos buscar a vitória", disse o atacante Gabriel, que destacou o coletivo rubro-negro.

"O Mister (Jorge Jesus) tem feito treinamentos específicos para tirar o melhor da gente. Em cima disso, o coletivo está dando vitória ao Flamengo e não o individual. Para o atacante é muito bom fazer gol, mas a vitória sempre será mais importante. Foi uma vitória convincente", completou o artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 18 gols.

Com 36 gols, dos 47 marcados pelo Flamengo no campeonato, o trio formado por Gabriel Barbosa, Arrascaeta e Bruno Henrique tem sido o diferencial nesta arrancada do clube em busca do título. O conjunto foi destacado pelo ex-atacante do Santos.

"Estamos trabalhando muito. Quando a gente foca, a tendência é ter um resultado positivo. Hoje mais uma vez foi nítido. O trio conseguiu fazer um bom jogo. Marcamos gols, mas mais importante do que isso é a vitória", afirmou Bruno Henrique.

O atacante ainda destacou a qualidade do time do Internacional. "Eles fizeram um gol de muita garra. O Patrick é um cara que não desiste nunca. Ele conseguiu cruzar e o Edenilson contou com um desvio para superar o Diego. Mas conseguimos retomar o jogo. Claro que com dois a mais foi mais fácil, porém, conquistamos nosso objetivo que era a vitória", concluiu.

O triunfo levou o Flamengo para 48 pontos, abrindo seis do Palmeiras, que entra em campo nesta quinta-feira para encarar o CSA, no Pacaembu.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Os gols da vitória do Mengão! #PraCima

Uma publicação compartilhada por Flamengo (@flamengo) em