cruzeiro, mauricio
 

O coronavírus paralisou todo o calendário no futebol brasileiro e enquanto a pandemia não é controlada os atletas estão reclusos em suas residências cumprindo cronograma de treinos definido pelo departamento médico dos clubes. Caso do jovem meia Maurício, uma das joias do Cruzeiro, que tem acompanhado as mudanças no futebol da Raposa de São Paulo, onde está com a família.

Maurício trabalhará com mais um técnico no Cruzeiro quando as atividades forem retomadas normalmente na Toca II. Com 18 anos o meia teve como "professor" até agora Mano Menezes, Rogério Ceni, Abel Braga, Adilson Batista e agora Enderson Moreira. 

Apesar de não conhecer pessoalmente o novo treinador, Maurício fez elogios a Enderson Moreira, que ainda não teve contato com os atletas, mas segue trabalhando na reestruturação e planejamento do elenco estrelado. 

 “Já fiquei sabendo por amigos que é um bom treinador. Também é bem renomado, teve boa passagem pelo Cruzeiro, ganhou Copa São Paulo. A passagem pelo Ceará também foi muito boa. Estou com expectativa muito grande e espero que quando tudo voltar ao normal a gente possa dar muitos frutos ao Cruzeiro”, disse em entrevista à Rádio Itatiaia. 

A chegada de Enderson Moreira também trará ao Cruzeiro reforços. O próprio treinador disse isso em entrevistas recentes e até em sua apresentação virtual no Cruzeiro. Um desses nomes é o do meia-atacante Régis, que trabalhou com o treinador no Bahia, e pertence ao clube baiano.
Para Maurício a vinda de reforços, mesmo que para o seu setor, é vista com "naturalidade". 

“Eu encaro com naturalidade. é normal um clube se reforçar, ainda mais o Cruzeiro com essa grandeza. Serão reforços bons. Estamos aqui para ajudar o Cruzeiro. Quanto mais reforços, é para ajudar. O privilégio é do Cruzeiro. Se eu precisar ficar no banco ou jogador, vou encarar com naturalidade, pensando no coletivo e não individualmente”, comentou.

Proposta

Valorizado pelas convocações recentes à Seleção Brasileira de base e atuações com a camisa do Cruzeiro, Maurício falou de possíveis propostas. 

“Eu não sei se tem ou se não tem proposta, também não procuro saber. Meu foco está no Cruzeiro. Meu sonho era profissionalizar e ter oportunidade e o Cruzeiro me deu essa oportunidade. Sou muito grato ao Cruzeiro, eu amo esse clube. Não penso em sair agora. Penso em fazer história no Cruzeiro. Ter bons números nesse ano difícil e marcar meu nome na história desse clube. Se tiver proposta, não estou me importando muito. O que for bom para os dois, a gente vai sentar. Mas não penso em sair agora. Meu foco é total no Cruzeiro”, finalizou.