O maior diário esportivo da Argentina, o Olé, estampa em sua página na internet uma chamada polêmica. Nessa segunda-feira (22), a manchete do jornal é um aviso ao goleiro do River Plate-ARG, Franco Armani: 'Cuidado, Armani. Dedé vem aí'.

A matéria relembra o lance do zagueiro cruzeirense com o goleiro do Boca Juniors nas quartas de final da Copa Libertadores de 2018, quando Dedé se chocou com Steban Andrada, na Bombonera, e acabou fraturando a mandíbula.

O texto publicado sem assinatura no diário Olé questiona se Armani conversou com Andrada sobre o lance envolvendo Dedé. 

É que os dois goleiros estiveram juntos durante um período em que a Seleção Argentina se preparou para a Copa América. Andrada acabou cortado depois por causa de lesão e não disputou o torneio entre seleções sul-americanas.  

"Obviamente, o 1 (Armani) vai prestar atenção às marcas e diferentes questões estratégicas (da partida River Plate x Cruzeiro), sempre tão importante em mata-matas. Mas também para Dedé , aquele defensor de 1,92 metros e 87 quilos que no ano passado quebrou o queixo de Esteban Andrada", diz parte do texto do Olé.

Dedé foi expulso pelo árbitro paraguaio Eber Aquino por causa do lance com Andrada. No entanto, o Cruzeiro recorreu à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) e conseguiu suspender o cumprimento da expulsão na partida de volta. 

Entretanto, também no jogo de volta o zagueiro Dedé foi expulso, mas em um lance sem tanta polêmica como havia ocorrido na Argentina naquela edição da Libertadores.