Setor muito povoado do elenco do Cruzeiro, o ataque oferece atualmente nove opções para o técnico Felipe Conceição armar a equipe. Uma delas estreou na temporada no último domingo (18), na derrota por 1 a 0 para o Pouso Alegre, no Sul de Minas, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro.

Uma das principais promessas das categorias de base da Raposa, o jovem Stênio, de apenas 18 anos, foi acionado no segundo tempo do duelo no estádio Manduzão. Em entrevista divulgada nas plataformas digitais da Raposa, nesta quinta, o camisa 19 comentou brevemente sobre a disputa por um lugar no time.

“A disputa ali no ataque está boa. Todo mundo está conseguindo jogar bem e tal. Um vai ajudando o outro a evoluir mais a se dedicar, empenhar mais, para alguém assumir a vaga”, disse o atacante.

Além da promessa da base, Conceição conta atualmente com Rafael Sóbis, Marcelo Moreno, Thiago, Bruno José, Airton, Felipe Augusto, Gui Mendes e William Pottker. 

Experiência

Stênio foi alçado ao time principal ainda com 17 anos, pelo então técnico Enderson Moreira. Titular no início da Série B, o jogador atuou em oito jogos em 2020, mas teve a sequência interrompida por uma grave lesão no ombro esquerdo, que o deixou de fora dos jogos por quase cinco meses.

Mesmo com a breve experiência no time principal do Cruzeiro, o atacante revela que vem recebendo o apoio dos jogadores mais rodados neste início de trajetória.

“O Rafael Sóbis costuma falar muito comigo, me orientar. O Airton também fala bastante comigo, pra dar umas dicas. Isso é muito importante. A gente é novo, então, tem que aprender com os mais velhos, que estão no mundo do futebol há mais tempo”.

Mesmo sem ter característica de atuar centralizado no comando de ataque, Stênio é uma das opções do técnico Felipe Conceição para substituir Sóbis, suspenso pelo terceiro cartão amarelo no duelo com o Patrocinense, no próximo domingo, às 16h, no Mineirão.

Com 17 pontos, na terceira colocação, a equipe celeste busca o triunfo na última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro para garantir a vaga nas semifinais sem depender de outros resultados.

A Águia, por sua vez, ocupa a 10ª colocação, com 10 pontos, já sem chances de rebaixamento ou de classificação.