Depois de passar o sábado em branco, duas judocas brasileiras conseguiram medalhas neste domingo (3) na Copa Continental de Praga. Maria Portela, na categoria até 70kg, e Maria Suelen Altheman, até 78kg, fizeram boas campanhas e conquistaram, respectivamente, uma prata e um bronze neste segundo dia de competições.

Maria Portela só foi derrotada na decisão, pela espanhola Maria Avomo Bernabeu, no desempate por penalizações. A brasileira estreou contra a francesa Lucie Perrot e venceu por um yuko. Daí para frente, foram dois ippons seguidos para alcançar a final, diante da ucraniana Luiza Gainutdinova e da alemã Barbara Bandel.

Maria Suelen também fez bonito e venceu três das quatro lutas que disputou por ippon. A brasileira, que conquistou o Grand Prix de Dusseldorf no domingo passado, passou primeiro por Ivana Sutalo, da Croácia, e depois por Janine Penders, da Holanda. Na semifinal, caiu para a turca Belkis Zehra Kaya por ippon, mas venceu outra turca, Gulsah Kocaturk, na repescagem e garantiu o bronze.

"Duas medalhas merecidas. Elas trabalharam duro aqui na Europa, mas fica a sensação de que poderia ter sido melhor. Creio que o resultado da final não foi justo e que a Portela deveria sair com ouro. A Suelen teve um momento de desatenção na semifinal que acabou a tirando da decisão. Contudo, o balanço foi positivo", disse Ney Wilson, gestor técnico das equipes adultas.

Se o dia das mulheres foi de medalhas, os homens passaram novamente em branco neste domingo, na Copa Continental de Varsóvia. Mauro Moura (81kg) caiu na estreia para o húngaro Milan Koller. Rafael Buzacarini (100kg) passou pelo esloveno David Kukovica, pelo húngaro Andras Kaszas, mas acabou derrotado por Jevgenjis Borodavko. Já o mato-grossense David Moura perdeu no primeiro combate para o italiano Alessio Mascetti.