Falar na Toyota nas pistas e de pilotos mineiros que defenderam a maior montadora de veículos do mundo é, acima de tudo, falar de Cristiano da Matta. Com um motor japonês, ele chegou ao título da F-Indy em 2002, então o primeiro grande título da marca nos circuitos. E que o levou à Fórmula 1, com 29 GPs e 13 pontos marcados (2003/2004).

Pois dois kartistas promissores do estado têm a chance de defender a fabricante em sua mais nova aventura nas pistas brasileiras. Nesta segunda-feira, a Toyota confirmou que vai disputar, a partir do ano que vem, a Stock Car.

A principal categoria do país passará por uma revolução técnica, com os carros voltando a ter a base (monobloco) dos modelos de produção. No caso, do Corolla, líder no segmento dos sedãs médios.

Além de apostar em pilotos e equipes experientes, os japoneses querem também levar suas próprias apostas à competição a médio prazo. O que passa pela criação da Academia Gazoo Racing Brasil.

Gazoo Racing foi o nome escolhido para todos os programas esportivos da fábrica nipônica – mundiais de Endurance e Rally; Rally Dakar, além das iniciativas nos vários países.

João Matos, 17 anos, e Pedro Souza, de 15, estão entre os seis nomes selecionados pela marca para uma seletiva, que terá início dia 24, em Goiânia, durante a programação da penúltima etapa da Stock.

GAZOO

Digite aqui a legenda

Avaliação
O desempenho na pista, a bordo de modelos Yaris especialmente preparados, será um diferencial, mas não só. Os candidatos receberão orientação em habilidades como relacionamento com a imprensa, estratégias de carreira, conhecimento técnico, condicionamento físico e mental, e processos de trabalho com o engenheiro de pista. E serão avaliados nessas fases do processo, que será concluído na corrida decisiva da categoria, em 15 de dezembro. O prêmio será a temporada 2020 da Stock Light custeada pela Toyota, projetando uma estreia na categoria principal em 2021.

“Fiquei muito feliz por ser um dos selecionados e tenho certeza de que será um aprendizado muito grande”, comentou Souza, revelado pelo projeto Piloto do Futuro do Kartódromo RBC Racing. No currículo, além do título mineiro de 2017 (Júnior Menor) está o vice-brasileiro deste ano na classe Rotax Júnior. Matos, por sua vez, venceu no ano passado a Copa Brasil na categoria Codasur Júnior.

Leia mais sobre automobilismo e motociclismo no site Racemotor

 

RÁPIDAS

Com carro e equipe novos, Rafa Matos encara

última etapa da Trans-Am em Daytona


O mineiro Rafa Matos volta à pista neste fim de semana para a última etapa da temporada da Trans-Am Series, em Daytona (Flórida). Além de lutar pela quinta vitória na temporada na classe TA2, o piloto de Belo Horizonte busca o vice-campeonato, mesmo tendo ficado fora de duas etapas e abandonado em outras duas com problemas mecânicos, quando liderava. Ele comanda pela primeira vez o Ford Mustang da equipe Silver Hare Racing, numa preparação para o campeonato de 2020, quando buscará seu segundo título na tradicional categoria norte-americana de turismo. O treino oficial será disputado na sexta-feira, e a largada para as 100 milhas de prova acontece às 12h25 (de Brasília) do sábado.

Universidades mineiras inscrevem 12 carros

na edição 2019 do Sae Brasil

Está chegando a hora de um desafio que premia a capacidade de projeto, construção e eficiência de pequenos fórmulas, montados com motorização única e sob um regulamento restrito. Entre os dias 28 e 1º de dezembro, o circuito do ECPA, em Piracicaba (SP) recebe o SAE Brasil 2019, competição universitária que premia os melhores modelos à combustão e elétricos. Nada menos que 12 máquinas desenvolvidas por universidades mineiras lutam pela vitória e o direito de representar o país na final mundial, nos EUA. BH, Lavras, Juiz de Fora, Itajubá, Uberlândia, Montes Claros e São João del-Rei terão alunos na competição.