O atacante Keno é o sexto jogador do Atlético a alcançar um hat-trick na Série A do Campeonato Brasileiro no sistema de pontos corridos, que teve a primeira edição em 2003. O camisa 11 alcançou a marca na noite do último sábado, nos 4 a 3 sobre o Atlético-GO, no Estádio Olímpico, em Goiânia.

Keno Atlético Atlético-GO Brasileiro Série A 2020

Keno comemora um dos seus três gols na vitória por 4 a 3, de virada, sobre o Atlético-GO, no Estádio Olímpico, em Goiânia, na noite do último sábado

E ele passa a integrar uma lista que conta com três dos quatro homens de frente do time campeão da Copa Libertadores de 2013: Diego Tardelli, Jô e Ronaldinho Gaúcho.

O primeiro hat-trick do Galo nos pontos corridos levou sete anos para sair, mas foi num momento especial. Em 24 de outubro de 2010, o centroavante Obina marcou três vezes num 4 a 3 sobre o Cruzeiro, que era o mandante, em clássico disputado no Parque do Sabiá, em Uberlândia. Isso porque Mineirão e Independência estavam em obras por causa das Copas das Confederações (2013) e do Mundo (2014).

Ronaldinho Gaúcho

Em 2012, ano em que o Atlético foi vice-campeão brasileiro, Ronaldinho Gaúcho viveu um grande momento da sua história com a camisa alvinegra, ainda a de número 49, marcando três vezes num 6 a 0 sobre o Figueirense, no Independência, num dia em que a torcida atleticana homenageou a sua mãe, que passava por problemas de saúde.

Dos três gols do R49, um deles foi uma obra de arte, uma cobrança por baixo da barreira do time catarinense, que saltou imaginando que ele bateria pelo alto.

Ronaldinho Gaúcho Atlético Figueirense Brasileiro 2012

Ronaldinho Gaúcho comemora, emocionado, um dos seus gols sobre o Figueirense, pelo momento que atravessava, pois sua mãe enfrentava problemas de saúde

Libertadores

No ano seguinte, já com o Galo campeão da Libertadores, dois jogadores marcaram três gols numa mesma partida. Primeiro foi Jô, em 12 de setembro de 2013, num 3 a 0 sobre o Coritiba, no Independência.

Pouco mais de dois meses depois, o Atlético fez 4 a 1 no Goiás, também no Horto, e foi a vez de Diego Tardelli balançar a rede adversária por três vezes.

Urso

O último hat-trick do Atlético no Brasileirão tinha sido há mais de cinco anos, em 29 de julho de 2015. Num confronto contra o São Paulo, no Mineirão, o Galo venceu por 3 a 1, com todos os gols marcados pelo centroavante argentino Lucas Pratto, único estrangeiro da lista.

São 638 os jogos do Atlético na Série A no sistema de pontos corridos. Contra o Atlético-GO foi o sexto jogo em que um jogador do clube fez um hat-trick.

Lucas Pratto Atlético São Paulo 2015 BrasileiroLucas Pratto comemora um dos seus gols sobre o São Paulo, que depois ele defendeu, em confronto disputado em julho de 2015, pela Série A do Campeonato Brasileiro