Um jogo bastante movimentado marcou os retornos de América e Atlético, após mais de 130 dias sem partidas oficiais. O clássico, disputado neste domingo (26), na Arena Independência, terminou empatado em 1 a 1 e trouxe gosto diferente para alviverdes e alvinegros.

Com o resultado, o América chegou aos 22 pontos e se manteve no topo da tabela, pelo menos até o confronto entre Tombense x Coimbra, marcado para às 21h30. Caso o time de Tombos, que inicia a rodada com 20 pontos, não saia vencedor, o Coelho seguirá com a liderança.

Já para o Atlético, o empate cedido aos 31 minutos da segunda etapa significa prejuízo. Além de deixar escapar a liderança, o alvinegro desceu uma posição na tabela e, agora, é o quarto colocado. Com isso, não garantiu a classificação para a próxima fase de forma antecipada.

Na próxima quarta-feira (29), o Atlético volta a campo para encarar a Patrocinense, no Mineirão. O América, por sua vez, vai até Patos de Minas enfrentar a URT. Os dois jogos estão marcados para às 21h30 e marcarão o fim da primeira fase do Estadual.

O time comandado por Sampaoli precisa vencer para não depender de qualquer outro resultado para se classificar às semifinais. O time avança, com qualquer resultado, caso o Cruzeiro não vença a Caldense.

O jogo

Num jogo bastante movimentado no Independência, Galo e Coelho mostraram suas armas e, mesmo sem a presença das torcidas, fizeram um confronto de encher os olhos. Nathan deixou o dele para o alvinegro, no primeiro tempo; Vitão, no segundo, para o América.

Do lado atleticano, a partida marcou as estreias do zagueiro paraguaio Junior Alonso, do atacante Marrony, e dos volantes Alan Franco e Léo Sena, estes dois, acionados na segunda etapa. Do lado americano, a ausência do atacante Rodolfo, que se lesionou durante a semana, foi dor de cabeça para o técnico Lisca.

O confronto no Horto foi bem democrático: no primeiro tempo, maior posse de bola e domínio atleticano; no segundo, superioridade americana. O Coelho, inclusive, segue invicto na temporada 2020

 

Ficha Técnica:
América 1 x 1 Atlético

América 
Airton; Leandro Silva, Eduardo Bauermann, Lucas Kal e Sávio (Geovane); Zé Ricardo (Flávio), Juninho e Alê; Felipe Augusto (Matheusinho), Léo Passos (João Paulo) e Ademir (Vitão)
Técnico: Lisca

Atlético
Rafael; Guga, Junior Alonso, Réver e Fábio Santos; Allan, Nathan e Hyoran (Alan Franco); Savarino, Marquinhos (Léo Sena) e Marrony
Técnico: Jorge Sampaoli

Gols: Nathan, aos 30’ do primeiro tempo (Atlético), e Vitão, aos 30’ do segundo tempo (América)
Cartão amarelo: Zé Ricardo, aos 20’ do primeiro tempo (América) e Junior Alonso, aos 5’ do segundo tempo (Atlético)