Marcos Rocha está recuperado de um estiramento muscular que o impede de atuar desde o dia 10 de abril, quando se lesionou na vitória de 1 a 0 sobre Zamora(VEN), pela Copa Libertadores. Frustrado por não ter podido ajudar o Atlético nas fases finais da competição continental e do Campeonato Mineiro, o lateral-direito espera estar em campo nos amistosos que a equipe fará na China, a partir do dia 22.

Marcos revela que ficou ansioso para retornar logo aos gramados. "Tentei voltar antes, briguei com os médicos, cheguei até a chorar dentro do vestiário, querendo voltar para ajudar meus companheiros", disse.

A primeira oportunidade de voltar aos campos será contra o Guizhou Renhe, em Taiyuan City, no dia 22. Depois, a equipe mineira ainda enfrentará o Jiangsu Shuntian, em Nantong City, dia 25, e o Guangzhou Evergrande, em Nanning City, no dia 28.

O lateral destaca a importância dos amistosos na preparação da equipe para o resto da temporada. "Vai ser bom para a gente se preparar para a Recopa e dar continuidade no Campeonato Brasileiro, porque temos a possibilidade de ser campeões."

O Atlético viaja na segunda-feira para a China. Depois da excursão, a equipe enfrenta o Lanús, da Argentina, no primeiro jogo das finais da Recopa Sul-Americana, no dia 16 de julho, em Buenos Aires. O segundo jogo será realizado no dia 23, em Belo Horizonte. A competição reúne os últimos campeões da Libertadores e Sul-Americana.