A interrupção do Campeonato Mineiro, a partir da próxima segunda-feira (22), confirmada pelo governador Romeu Zema (Novo), fará o Atlético ganhar tempo para recuperar alguns jogadores que não puderam atuar na última rodada do Estadual.

Inicialmente, a competição será paralisada até 31 de março, data final das medidas restritivas implementadas por Zema na Onda Roxa do Minas Consciente, para o combate aos graves efeitos da pandemia de Covid-19 em Minas.

Na vitória por 3 a 0 sobre o Coimbra, nesse sábado, no Mineirão, o Galo teve o retorno de vários jogadores que ganharam um período de férias ao final da temporada passada, voltaram aos treinos no dia 8 de março, e ainda não haviam atuado no torneio.

Entretanto, por diferentes motivos, o técnico Cuca - que reestreou no comando do Alvinegro - não pôde contar com todos os jogadores do elenco, o que deve ser ocorrer na retomada do campeonato.

Um dos casos mais simples é o do lateral-esquerdo Guilherme Arana, ausente da partida devido ao protocolo adotado pelo clube em relação à Covid. A esposa do jogador apresentou sintomas e, mesmo o teste de Arana dando resultado negativo, o jogador foi orientado a ficar em casa, em isolamento, seguindo as orientações do departamento médico do Galo.

Parte física

A parte física também foi responsável por algumas ausências na equipe atleticana no confronto com o Coimbra.

É o caso do zagueiro Réver, do meio-campo Alan Franco e do atacante Savarino.

O primeiro vem executando trabalhos à parte na Cidade do Galo, para aprimorar o condicionamento físico.

Já os estrangeiros tiveram dificuldades em retornar ao Brasil após o período de folga, perderam sessões de treinamentos, e ainda buscam o melhor preparo, o que já deve acontecer nos próximos dias.

Reforços no ataque

Um dos destaques do Atlético neste início de Estadual, o atacante Marrony não enfrentou o Coimbra por estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Artilheiro do Mineiro, com três gols, o jogador estará à disposição de Cuca para os próximos compromissos do time.

Por fim, quem também tem tudo para voltar a ser opção para os próximos jogos é Diego Tardelli.

O ídolo da torcida alvinegra desfalcou a equipe nos dois últimos jogos do Mineiro, em razão de um problema muscular na coxa direita.

De acordo com a assessoria de comunicação do Galo, a lesão de Tardelli é considerada pequena.

Com cinco vitórias em cinco jogos, o Atlético lidera o Campeonato Mineiro com 15 pontos e 100% de aproveitamento.