De um lado, o alviverde Lisca promoveu mudanças no Coelho, tentando dar mais intensidade no ataque. Do outro, Jorge Sampaoli não quer deixar o “Doido” levar a melhor e, para isso, também resolveu inovar no Galo, colocando o zagueiro Gabriel na equipe, a priori, como lateral-direito, e Alan Franco no meio.

A nova formação do Atlético rendeu um singelo comentário de Lisca, ao se dirigir à beira do gramado. “Esse Sampaoli tá queimando meus neurônios! Cada dia um time diferente. Eu estou louco para encarar um time normal”, disse, em meio a gargalhadas.

O jornalista da TV Globo Pedro Rocha foi quem flagrou a cena e o comentário de Lisca.

O América precisa vencer por qualquer placar para se classificar à final do Campeonato Mineiro. Ao Galo, um empate já basta para chegar à decisão. O duelo começa às 21h30 desta quarta-feira (5), no Independência.