Embora tenha deixado claro que o foco do América está voltado para o duelo deste domingo (20) com a Chapecoense, às 16h, no Independência, valendo a liderança da Série B do Brasileiro, o técnico Lisca deu uma “chorada”, como ele próprio definiu, a respeito de um aspecto que envolve a partida diante do Palmeiras, na quarta-feira (23), em São Paulo, pela ida das semifinais da Copa do Brasil.

"Só lamento porque estamos jogando na quinta-feira (17; vitória sobre o Figueirense, fora de casa), e o Palmeiras jogou na terça (15; triunfo em cima do Libertad, pela Libertadores) e vai jogar no sábado (19; diante do Inter, no Beira-Rio, pelo Brasileiro). E nós vamos (atuar) no domingo. Nunca jogamos domingo na Série B. Agora porque temos jogo na quarta contra o Palmeiras, botaram a gente no domingo”, protestou ele, ressaltando que o tempo de preparação e descanso de sua equipe será menor que o do Verdão.

“Estamos atentos a isso, é um prejuízo para nós. Jogamos sempre na sexta ou no sábado. Às vésperas de uma decisão vamos jogar no domingo com menos tempo de descanso. Mas vamos tentar superar tudo isso. A tabela ficou boa para eles. Porém, não vamos chorar muito, já dei minha ‘chorada’ aqui”, completou.

O calendário de datas das partidas, obviamente, modificou a logística do Coelho. "Na segunda, a gente se reapresenta, viaja de noite, só tem a terça para se recuperar e já joga na quarta. Nos atrapalha um pouco na estratégia de preparação, mas é a realidade que vamos encarar, com bom gosto, numa posição que sempre quisermos estar, ou seja, brigando pelo acesso (à Série A) e numa semifinal da Copa do Brasil", comentou o treinador.

América

Desafio

O Coelho chegou às semifinais da Copa do Brasil após eliminar gigantes como Corinthians, nas oitavas, e Internacional, nas quartas. E o próximo oponente na competição já vem sendo estudado há um bom tempo por Lisca e seus comandados.

"Não vou falar muito de estratégia porque o Abel (Ferreira, técnico do Palmeiras) deve estar vendo; é um cara que gosta de pressionar, com linha de três atacantes. O Rony é um centroavante diferente, de movimentação. Timaço, vive um momento ótimo, o treinador encaixou, jogadores cresceram, como Zé Rafael, Veiga...”, afirmou.

O duelo de volta das semi será no dia 30 de dezembro, no Horto.