Em 5 de setembro de 1965, o futebol mineiro passava a viver uma nova era com a inauguração do Mineirão. E o surgimento do Gigante da Pampulha foi fundamental não só para os clubes do Estado passarem a ter um novo patamar em nível nacional, conquistado graças aos grandes títulos, mas também para o surgimento de vários craques.

O livro Mineirão 50 anos – 50 jogos, 50 craques, de autoria dos jornalistas Alexandre Simões e João Vitor Xavier, conta justamente essa história.

A tarefa mais dura foi eleger as 50 partidas mais importantes ou emocionantes disputadas no estádio, assim como os 50 principais jogadores que fizeram história no Mineirão, pois o universo era gigantesco.

“Quando se trata de futebol, qualquer eleição é complicada. Uma das marcas que elas carregam é a injustiça, por mais que se apurem os critérios para a escolha. Tentamos errar o mínimo possível. É claro que sempre alguém vai dizer que faltou aquele craque, que deixamos de falar daquele jogo”, afirmam os autores na apresentação do livro.

A obra conta com partidas marcantes do velho e do novo Mineirão. Tem como destaque o principal jogo do estádio, que é o clássico entre Atlético e Cruzeiro, mas mostra ainda confrontos inesquecíveis dos dois rivais e do América, assim como partidas da Seleção Brasileira e confrontos pelas Copas das Confederações e do Mundo, que tiveram o Gigante da Pampulha como uma das sedes, em 2013 e 2014, respectivamente.

O lançamento do livro será esta noite, a partir ds 18h30, no Itatiaia Rádio Bar, que fica na rua Pium-Í, 620, no Carmo.