Um dos maiores ídolos da história do Atlético, antes da 'Era Ronaldinho', o ex-atacante Marques ainda é guardado na memória de muitos torcedores com carinho, mesmo distante do clube nos últimos meses. Ele, inclusive, deixou o nome marcado no confronto contra o Grêmio, adversário deste sábado (26).

Uma das principais peças do alvinegro no fim da década de 1990 e início de 2000, Marques é o artilheiro dos mineiros no confronto contra o Tricolor Gaúcho, com seis tentos anotados. Ele também foi o responsável por anotar o milésimo gol atleticano no Brasileirão, há quase uma década, num duelo contra o Goiás. 

Neste fim de semana, caso balance a rede pelo menos uma vez, o Galo chegará ao gol 2000 (considerando o início da competição em 1971). Em 2017, Fred alcançou o feito, mas com um leque maior. Quando fez o tento 2000, ele teve contabilizados os números da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa).

Marques longe do clube

Apesar de toda história criada dentro de campo, Marques não tem o nome falado na Cidade do Galo, principalmente após a demissão no início do ano, quando ocupava o cargo de gerente, na Era Rui Costa.

O desastroso início de temporada causou a saída do ídolo, agora cartola, e também do diretor executivo e do técnico venezuelano Dudamel. Com isso, o "Calango" passou a evitar os microfones e, desde então, não concedeu entrevistas.

Contudo, neste sábado, quando se falar de Atlético x Grêmio, confronto este válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, será impossível não citá-lo quando o assunto for "gols".