Tudo igual no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil entre Atlético e Santos. Jogando no Independência, as equipes empataram em 0 a 0, na noite dessa quarta-feira (15).

Badalado pelo futebol vistoso apresentado sob o comando do técnico argentino Jorge Sampaoli, o Peixe iniciou o duelo tentando impor seu ritmo de jogo, empurrando o Galo para o próprio campo de defesa.

No decorrer da primeira etapa, o alvinegro conseguiu equilibrar as ações, minimizar os riscos e até incomodar o time paulista, principalmente no segundo tempo.

Após o duelo, o atacante Luan analisou o empate, fazendo questão de destacar o crescimento do Atlético durante a partida.

“Temos que enaltecer o trabalho do Santos, que envolve o adversário, que tem uma saída de bola muito boa. Mas a partir do momento em que a gente adiantou e encaixou a marcação, eles não jogaram mais. Quase fizemos o gol em um erro deles”, avaliou.

Na sequência da análise, o Menino Maluquinho também frisou que o confronto, que vai ser decidido no dia 6 de junho, no Pacaembu, está indefinido.

“Foi um jogo aberto, no primeiro tempo eles tiveram mais posse de bola, no segundo tempo a gente jogou melhor. Mas é um jogo difícil, duas equipes grandes, quem errar menos vai sair com a classificação, o jogo (confronto) está em aberto”.

Antes de definir o futuro no Copa do Brasil, o Galo volta o foco para o Campeonato Brasileiro. No sábado, também no Horto, a equipe alvinegra enfrenta o Flamengo, às 19h, pela quinta rodada do torneio.