cruzeiro, lucas frança, goleiro

Após rodar por Portugal e pelo Nordeste do Brasil, o goleiro Lucas França retornou ao Cruzeiro, clube que o revelou para o futebol. Reintegrado ao plantel celeste na última segunda-feira, o arqueiro comentou a volta para casa depois de jogar pelo Nacional da Ilha da Madeira e Ceará.

“Fui formado no Cruzeiro e para mim é gratificante voltar para a minha casa, voltar para o meu lar, onde eu me sinto à vontade. É um motivo de muita felicidade, muita alegria estar de volta, representando esta camisa, representando esta nação, com mais experiência, mais rodagem”, disse.

Na Toca II o goleiro encontrará Enderson Moreira, com quem trabalhou no Ceará. “Eu tive duas passagens com ele no Ceará. O trabalho dele e da comissão técnica é muito intenso, dinâmico. Ele sempre busca tirar o máximo de cada jogador, é um professor, sempre que precisa ele explica o que acha melhor, para que os jogadores possam evoluir a cada dia. Fizemos bons trabalhos no Ceará e agora está sendo gratificante também trabalhar com ele novamente, aqui no Cruzeiro”, comentou.

Lucas França sabe que chegar ao time titular será difícil, uma vez que Fábio, recordista de jogos com a camisa celeste, é o dono absoluto da posição. 

“Desde 2011, quando eu cheguei (às divisões de base), o Fábio era a inspiração para todos os goleiros e poder subir para os profissionais e trabalhar com ele é gratificante demais. Longos anos de amizade, de parceria, de aprendizado, de experiência. O Fábio é meu padrinho de casamento, então, o ciclo nosso de amizade é muito bom e a cada dia eu aprendo mais com ele, dentro e fora de campo", revelou.