A derrota fora de casa para o Coritiba no último domingo, por 1 a 0, acendeu de vez o sinal amarelo no Santos. O time perdeu grande chance de voltar ao G4 do Campeonato Brasileiro ao ser derrotado pelos paranaenses e estacionar nos 55 pontos, um atrás do rival São Paulo, quarto colocado. Faltando duas rodadas para o fim da competição e às vésperas da final da Copa do Brasil, o Santos chega ao fim de temporada lutando em duas frentes para tentar chegar à Libertadores do próximo ano.

Apesar da responsabilidade de decidir seu destino no ano nas próximas semanas, a equipe garante não sentir a pressão pela expectativa criada. Pelo menos foi isso que garantiu o meia Lucas Lima após a partida contra o Coritiba. "Existe uma pressão natural por ser uma final, mas o nosso time está muito focado para enfrentar o Palmeiras", afirmou. "O primeiro jogo é muito importante, principalmente por ser em casa. A nossa obrigação como time grande é sempre ser campeão."

O atacante Gabriel, que ficou no banco no confronto pelo Brasileirão, também falou com a imprensa sobre a final diante do rival. "Respeitaremos o Palmeiras, mas temos tudo para sermos campeões", disse a confiante promessa. "Independente do momento, o Palmeiras também é uma grande equipe e tem jogadores de qualidade."

Faltando quatro jogos para fechar a temporada - dois pelo Nacional, além dos duelos de ida e volta pela final da Copa do Brasil -, o Santos confia no ótimo aproveitamento na Vila Belmiro para ter êxito na sua missão. O alvinegro tem 83% de aproveitamento atuando em casa no Brasileirão, percentual inferior apenas aos impressionantes 90% construídos pelo líder do Corinthians. Por outro lado, o desempenho fora de casa é motivo de preocupação, com aproveitamento de apenas 18,5% no torneio.

O primeiro duelo contra o Palmeiras pela decisão da Copa do Brasil está marcado para a próxima quarta-feira (25), às 22h, na Vila Belmiro, enquanto a volta ocorrerá uma semana depois, dia 2 de dezembro, no mesmo horário, no Allianz Parque. Pelo Brasileirão, os santistas voltam a atuar no próximo domingo, às 17h, contra um desesperado Vasco em São Januário.