Pilar do meio-campo do Atlético em 2019. Pilar do meio-campo do Atlético em 2020. Este é Jair, que chegou como boa aposta, se tornou peça fundamental na engrenagem alvinegra e volta a ser crucial agora sob a tutela de Rafael Dudamel. Nesta quarta-feira (29), às 21h30, contra o Coimbra, no Independência (o mando é do time de Contagem), o volante espera continuar a mostrar seu valor para ajudar o Galo rumo à terceira vitória seguida no Campeonato Mineiro. E pelos reforços que vieram e a gana dos remanescentes, o time anseia dar fim à chamada ‘Jairdependência’ da temporada passada.

Destaque do Fluminense em 2019, Allan chegou para dar mais qualidade a um setor que tinha Jair quase como um ‘soberano’. Isso era evidente no ano passado, quando a equipe alvinegra encontrava dificuldades na marcação e na saída de bola sem seu principal jogador da meiuca. Além deles, o time conta com outras opções, como Zé Welison, que ‘fechou’ o trio de volantes nas duas primeiras vitórias no Estadual, e Martínez, além de Gustavo Blanco, ainda em recuperação de lesão.

Cada um dos meio-campistas possui suas próprias características. Mas independentemente disso, a ordem é uma só. “O professor Dudamel cobra bastante intensidade na marcação. Essa é a marca que ele pediu desde que chegou. Que seja um time que marque forte e que tenha a bola”, enfatizou Jair.

Atlético

Digite aqui a legenda

Mas se por um lado o Atlético está bem servido de volantes, por outro, o ‘camisa 10’ segue como incógnita, uma vez que Cazares ainda não tem o futuro definido. Ultimamente, essa função vem sendo dividida.

“O futebol moderno exige que o jogador do meio marque e ataque. Eu e o Allan estamos tentando fazer (a função de armar a equipe). Não precisa ter aquele 10, aquele o meia clássico”, destacou Jair.

Enquanto isso, o meia Nathan, outro que atuou como volante em 2019 e teve papel importante na campanha do último Brasileiro, teve o nome citado no BID e já pode voltar a jogar pelo Atlético.

COIMBRA X ATLÉTICO
Motivo
: 3ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Independência
Horário: 21h30
Arbitragem: Marco Aurelio Ferreira, auxiliado por Fernanda Antunes e Magno Lira
Transmissão: Premiere

COIMBRA
Glaycon; Alex Silva, Breno, Carciano e Hipólito; Thomas, Gustavo, Bruno Rocha e Thalis; Thiago Maia e Bádio
Técnico: Diogo Giacomini

ATLÉTICO
Michael; Mailton (Patric), Igor Rabello, Gabriel (Réver) e Fábio Santos; Zé Welison, Jair e Allan; Hyoran, Edinho (Marquinhos) e Di Santo
Técnico: Rafael Dudamel