O atleticano vive 2020 entre dois sonhos de consumo: o título da Série A do Campeonato Brasileiro, para encerrar o jejum de quase 49 anos sem erguer a taça da competição, e a inauguração do estádio do clube, a Arena MRV, prevista para o segundo semestre de 2022. O primeiro desejo, depende de um time forte, o segundo, está sendo erguido para abrigar um esquadrão. E o potencial de investimento dos parceiros que ajudam o clube a tentar concretizar esses dois objetivos ficou ainda mais evidente com a confirmação da compra de 50% dos direitos econômicos do meia argentino Matías Zaracho, de 22 anos, junto ao Racing, da Argentina, por US$ 6 milhões (cerca de R$ 33 milhões).

matias zaracho

Promessa do futebol argentino, Zaracho chega ao Atlético como a contratação mais cara da história do clube, que pagou US$ 6 milhões em 50% dos seus direitos econômicos

O valor pago pelo Galo mostra que a promessa do clube de Avellaneda tem valor de mercado de quase R$ 66 milhões. Isso é cerca de 15% do que custará a Arena MRV, pois o estádio tem o preço atual orçado em R$ 460 milhões. Com mais R$ 100 milhões de condicionantes exigidas pelo poder público, principalmente obras viárias, chega a R$ 560 milhões.

O naming rights do estádio, vendido à MRV Engenharia por dez anos, foi um negócio de R$ 60 milhões, menos que o valor total do novo armador do time de Jorge Sampaoli.

Zaracho é a contratação mais cara da história do Atlético. O clube já tinha desembolsado antes US$ 6 milhões por outro jogador, o atacante colombiano Chará, que chegou à Cidade do Galo em junho de 2018. Mas naquela negociação, o Junior Barranquilla, da Colômbia, cedeu 70% dos direitos econômicos do atleta, vendido em janeiro deste ano ao Portland Timbers, dos Estados Unidos.

Desafio

O novo reforço atleticano chega para tentar resolver uma das grandes carências do grupo de Jorge Sampaoli, que é de jogadores com potencial para armar as jogadas. Atualmente, quem exerce essa função com eficiência é apenas Nathan, que enfrenta muitos problemas físicos.

Como a janela de transferências está aberta, Zaracho não deve demorar a estrear pelo Atlético. Até porque, os jogadores que deseja muito em seu time, Sampaoli não demora a lançar e isso já aconteceu com Keno, Eduardo Sasha e Éverson.