Uma comemoração que havia acontecido pela última vez no dia 26 de novembro de 2014, quando deu o tiro de misericórdia sobre o Cruzeiro, na final da Copa do Brasil. Mais de seis anos depois, Diego Tardelli voltou a balançar as redes trajando o uniforme do Atlético. Uma celebração dividida com o amigo e colega de time Victor, que também presenciou in loco o gol do título em cima da Raposa na única final entre os rivais em torneios nacionais.

O tento que abriu o placar no Gigante da Pampulha, neste domingo (28), contra a URT, pela primeira rodada do Mineiro, é o primeiro de DT9 em sua terceira passagem pelo Alvinegro.

O contrato de Tardelli se encerra exatamente neste domingo, assim como o de são Victor, que encerrará seu ciclo no Atlético. Não se sabe se o avante vai renovar seu vínculo com o clube.

Este é ainda o 111° gol do atacante em 223 partidas realizadas pelo Galo. O duelo segue em andamento no Gigante da Pampulha. 

Atlético