O presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Mizael Conrado, anunciou em entrevista realizada no final da noite desta quinta-feira (2) que o multimedalhista paralímpico Daniel Dias, que acaba de se aposentar das piscinas, será o porta-bandeira do Brasil na cerimônia de encerramento da Paralimpíada de Tóquio (Japão), que acontece no próximo domingo (5) no Estádio Olímpico.

“O porta-bandeira do Brasil, como não poderia deixar de ser, é uma homenagem ao maior de toda a história, o maior atleta da natação paralímpica mundial. O porta-bandeira que conduzirá o pavilhão brasileiro será o Daniel Dias”, declarou Mizael Conrado.

Com 27 medalhas paralímpicas na carreira, Daniel Dias se despediu das competições na última quarta-feira (1), na final dos 50 metros (m) livre, prova que terminou na quarta posição. Na capital japonesa, o brasileiro faturou três medalhas de bronze, nas provas dos 200 m livre, dos 100 m livre e no revezamento 4x50 m livre misto 20 pontos.

Esta será a terceira vez que Daniel Dias levará a bandeira brasileira pelo estádio olímpico durante uma cerimônia de Jogos Paralímpicos. O nadador foi o porta-bandeira no encerramento dos Jogos de 2008 (Pequim) e na abertura dos Jogos de 2012 (Londres).

Leia mais:
Brasil terá time de revezamento na final da natação em Tóquio
Talisson Glock fatura seu 1º ouro nos 400m livre em Tóquio
Talisson Glock fatura bronze na natação nos 100m livre